Últimas Notícias

Praça da Moça recebe 10º Grito da Diversidade LGBTI+ no domingo

Diadema realizará no pró­ximo domingo (7), na Praça da Moça, o 10º Grito da Diversidade LGBTI+, buscando conscientização e combate à homofobia. O evento começará às 14h e contará com discursos de representantes da causa LGBT, performances de DJs, cantores, dublagens e danças.

O ato será comandado pela apresentadora Kamilly Santos que chamará atenção sobre o tema desta edição que  é “Ninguém Solta A Mão De Ninguém. Se Fere Nossa Existência Seremos Resistência”. 

Além da parte artística, a Prefeitura de Diadema, que apoia a iniciativa por meio das secretarias de Saúde, Cultura e Assistência Social e Cidadania (SASC), levará ao local uma equipe do Centro de Referência IST, HIV, AIDS e Hepatites Virais para realização de testes rápidos de HIV, distribuição de gel e preservativos. A tenda do Centro de Referência ficará na Praça da Moça até o final da atividade e, além de aconselhamentos, fará esclarecimentos sobre doenças sexualmente transmissíveis.

Organizado pela Associação Viva a Diversidade, 10º Grito LGBTI+ tem, entre os objetivos, trazer respeito e mais direitos aos gays,  lésbicas, bissexuais, e transexuais de Diadema e da Região Metropolitana. Para opresidente da Viva a Diversidade, Robson de Carvalho, o ato é, ainda, uma oportunidade de aproximar a população LGBT das políticas públicas existentes na cidade e provocar a realização de ações afirmativas na luta e combate a todas as formas de preconceito e discriminação. Para secretária da SASC, Carol Rocha, o evento é uma forma de promover respeito pelas diferenças e contra qualquer tipo de violência.

Criminalização da Homofobia

Em 13 de junho último, o Supremo Tribunal Federal (STF) criminalizou a homofobia. Por 8 votos a 3, os ministros determinaram que a conduta passe a ser punida pela Lei de Racismo (7716/89), que prevê crimes de discriminação ou preconceito por raça, cor, etnia, religião e procedência nacional. Com isso, quem praticar racismo comete crime inafiançável e imprescritível e pode ser punido com um a cinco anos de prisão.

O 10º Grito da Diversidade LGBTI+ é realizado em Diadema desde o ano de 2009. Para avaliar o evento do dia 7 de julho e discutir novas ações no combate ao preconceito e discriminação à homofobia, a ONG Viva a Diversidade realizará no dia 20 de julho, na Fábrica de Cultura de Diadema um Pós Grito.  O evento acontecerá às 15h.

Serviço:

Centro de Referência IST, HIV, AIDS e Hepatites Virais  / Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) – Av. Antônio Piranga, 700, Centro. Quarteirão da Saúde –  1º Andar.  Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Tel. 4043-8142.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*