Uncategorized

Por segurança, Doria decide morar no Palácio dos Bandeirantes

O governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (29), que passará a morar, ao menos temporariamente, no Palácio dos Bandeirantes por causa dos constantes protestos em frente sua casa, no Jardim Europa (zona oeste da capital), e das ameaças que vem recebendo.

Por meio de nota, Doria afirmou que o fanatismo ideológico ignora a racionalidade e a legalidade, e tem ultrapassado os limites do embate político e do questionamento técnico com ameaças à segurança da minha família e agressivas manifestações na porta da de sua residência, perturbando o bairro e vizinhos.

O govenador afirmou, ain­da, que o negacionismo na pandemia deixou de ser um delírio das redes sociais, provocado pela paixão política, e está se tornando uma seita intolerante e autoritária. “Tenho enfrentado os seguidores dessa seita com inquéritos policiais e ações judiciais, com medidas sanitárias e vacinas, instrumentos da lei e da razão. Regredimos a tempos obs­curos em que a integridade física daqueles que defendem a vida e a democracia está sob ameaça.”

Doria destacou que é uma decisão difícil, mas necessária nesse momento de intolerância ao pensamento contraditório, de belicismo verborrágico e de cegueira ideológica. “Meu desprezo por estes extremistas que ameaçam a mim, a minha família e pessoas que defendem a vida.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*