Esportes, Paulistão

Ponte elimina Santos nos pênaltis e encara Palmeiras

Dorival Júnior consola os jogadores do Santos após a eliminação no Paulistão. Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/FolhapressO Santos devolveu o placar de 1 a 0 sofrido no jogo de ida em Campinas e venceu a Ponte Preta no Pacaembu ontem (10), mas foi o time do Interior que se classificou nos pênaltis, por 5 a 4, à semifinal do Campeonato Paulista. O adversário da Macaca será o Palmeiras, dono da melhor campanha do Estadual e que decidirá a vaga na final em casa.

David Braz, com um lindo voleio, fez o gol da vitória santista no tempo normal, mas depois foi o único a desperdiçar as cobranças do Santos nas penalidades, batendo fraco para a defesa de Aranha. Kayke, Jean Mota, Copete e Lucas Lima marca­ram pelo time praiano, enquanto Ravanelli, Yago, Clayson, Jadson e Willian Pottker converteram as cinco cobranças da Ponte.

O Santos não ficava fora da final do Estadual desde 2008 – nesse período, foram cinco títulos (2010, 2011, 2012, 2015 e 2016) e três vices (2009, 2013 e 2014). Na outra semifinal do Paulistão, o Corinthians, dono da segunda melhor campanha, enfrenta o São Paulo, que tem a terceira melhor até aqui.

Eliminação

Lucas Lima foi o único jogador do Santos a falar após a eliminação nos pênaltis. O meia falou sobre a dor de cair nas quartas de final e pediu a melhora da equipe para o restante da temporada. “Conseguimos buscar o re­sultado, mas não fizemos um primeiro jogo bom. É duro perder nos pênaltis depois do jogo que fizemos. Machuca um pouco”, disse Lucas Lima.

“Temos muito que conquistar no ano. É ver onde estamos errando e trabalhar. Temos Libertadores, Brasileiro. Não podemos achar que tudo está errado, mas temos que melhorar”, prosseguiu.

“O time vai corresponder. Eu não tenho dúvidas. O Santos está preparado para grandes conquistas, mas ocorrem algumas oscilações. Não podemos deixar de ser agraciados com um grande resultado. Somos uma equipe pronta, madura, que joga um futebol vistoso”, lamentou o técnico Dorival Júnior.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*