Uncategorized

Poeta angolano é destaque no Mês da Consciência Negra em São Bernardo

No Mês da Consciência Negra, a Prefeitura de São Bernardo traz neste sábado (24), a partir das 14h, na Biblioteca Monteiro Lobato, o angolano Isidro Sanene para falar sobre suas jornadas humanas e artísticas entre Angola e Brasil.

De acordo com Sanene , a literatura é como uma ponte que une duas culturas separadas pelo Oceano Atlântico, mas unidas pela história. “Meu encontro com a literatura foi muito cedo. Na época, eu era apenas um menino, vendedor de broa e mufete em um mercado informal de Angola. Gostava muito de ler sobre as histórias de caça do meu povo”, disse.

Isidro, que é poeta e artista plástico, publicou seu primeiro livro, “A Utopia das Marés”, aos 21 anos, ainda em Angola. “A primeira vez que saí do meu país foi apenas com a roupa do corpo. Nada levei, somente a coragem de trilhar novos caminhos e dar voz aos meus sonhos”, disse.

A Biblioteca Monteiro Lobato fica na Rua Dr. Fláquer, 26, Centro. Tel.: 2630-5102.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*