Mauá, Política-ABC, Sua região

PMDB estadual acompanha caso Vanessa Damo

Vanessa fez Boletim de Ocorrência contra Orosco. Foto: Eberly LaurindoO presidente estadual do PMDB, deputado Baleia Rossi, divulgou nota comentando a denúncia de agressão feita pela ex-deputada estadual e presidente do PMDB Mulher, Vanessa Damo. Vanessa registrou na última segunda-feira (23) boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher de Mauá, contra seu esposo, o secretário de Obras e presidente do PMDB do município, José Carlos Orosco Junior.

De acordo com o relato, os dois estão em processo de separação e Orosco estaria violentando psicológica e fisicamente Vanessa, além de ter impedido que a esposa tivesse contato com as filhas. No BO, Vanessa manifesta intenção de representar contra Orosco nos termos na Lei Maria da Penha. As agressões teriam começado em setembro de 2016.

Rossi escreveu: “Em primeiro lugar, oferecemos nossa total solidariedade e afeto à deputada Vanessa Damo, que é também presidente do PMDB Mulher em São Paulo. Apoiamos a ação e a investigação rigorosa da polícia. As conclusões vão balizar providências a serem tomadas por nossas instâncias partidárias”.
Dentro do governo, é grande a pressão para que Orosco seja desligado da administração. A parceria entre o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, Orosco foi firmada após Vanessa ser enquadrada na Lei da Filha Limpa e impedida de concorrer à prefeitura. Seu marido foi então indicado como candidato a vice-prefeito, sendo logo depois substituído pela mãe de Vanessa, Alaíde Damo, por conta de problemas com a Justiça Eleitoral.

A prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso. Vanessa e Orosco também não foram localizados para comentar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*