Brasileirão, Esportes, Futebol

Perto de acerto com Vitória, Neílton não treina no S.Paulo

Neílton passou pelo CT da Barra Funda ontem (24) apenas para se despedir dos colegas. O atacante, que estava emprestado ao São Paulo até o fim desta temporada, não participou do treinamento e deve acertar a sua transferência para o Vitória até, no máximo, o fim desta semana.

Como tinha vínculo com o Cruzeiro, o jogador aguarda os últimos detalhes da negociação entre os clubes mineiro e baiano para assinar contrato de três temporadas em Salvador. Desta maneira, o São Paulo vai passar a economizar R$ 160 mil por mês referentes ao salário do atacante.

O jogador, de 23 anos, havia sido emprestado pelo Cruzeiro até o final desta temporada em uma troca pelo volante Hudson. Neílton foi utilizado em apenas 11 das 27 partidas que o clube disputou no ano e não marcou gols. A última oportunidade dada ao jogador foi no jogo contra o Defensa y Justicia, da Argentina, quando o time foi eliminado da Copa Sul-Americana.

Como o São Paulo disputa apenas o Campeonato Brasileiro até o fim deste ano, Rogério Ceni já havia indicado que gostaria de reduzir o elenco e Neílton era um dos mais cotados a sair. Além dele, o time vai perder em breve João Schmidt – que, a partir de julho, passa a defender a Atalanta, da Itália.

Tabu

Se o momento do São Paulo não é o mais animador, um fator alimenta a confiança para o clássico de sábado (27) contra o Palmeiras. Faz muito tempo que a equipe do Morumbi não é derrotada em casa pelo alviverde.

Mais de 15 anos, para ser exato. Foi em 20 de março de 2002 o último triunfo alviverde em um Choque-Rei no Cícero Pompeu de Toledo. Na ocasião, o meia Alex marcou um golaço, chapelando o goleiro Rogério Ceni, e ajudou a definir o placar de 4 a 2.

De lá para cá, ocorreram 23 jogos. O São Paulo venceu 14 vezes e conseguiu nove empates.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*