Esportes, Libertadores

Perto da 6ª final da competição, Grêmio recebe o River Plate

O Grêmio enfrenta o Ri­ver Plate hoje (30), às 21h45, em busca de mais uma final da Copa Libertadores. Se pelo menos empatar em Porto Alegre, o time gaúcho chegará final pela sexta vez para tentar seu quarto título.

Caso a classificação se concretize, o Grêmio se igualará ao São Paulo como os brasileiros com mais finais do torneio sul-americano.

Assim como os gaúchos, o tricolor paulista tem três títulos da Libertadores, mas conta com um vice-campeo­nato a mais em sua galeria.

O primeiro título do Grêmio foi conquistado em 1983, quando Renato Gaúcho – o atual treinador – era um dos ídolos do clube ainda em início de carreira. Depois, vieram os troféus de 1995, com Luiz Felipe Scolari no comando, e o de 2017.

Os vice-campeonatos do Grêmio ocorreram em 1984, perdendo para o Independiente na final, e o de 2007, diante do Boca Juniors.
Para essa partida, o Grêmio não contará com Luan, que está vetado.

A novidade é a volta do atacante Everton, recuperado de contusão muscular.

A vantagem no duelo contra o River Plate foi adquirida na partida de ida, em pleno estádio Monumental de Nuñez. O triunfo por 1 a 0, com gol de Michel, deu ao Grêmio a possibilidade de atuar por empate em casa. Os argentinos, por sua vez, precisam ganhar por dois gols de diferença ou por um gol, desde que marque mais de uma vez como visitante.

O River também está atrás de sua sexta final do torneio continental. O time argentino foi campeão em 1986, 1996 e 2015, e terminou com o vice em 1966 e 1976. A dúvida do técnico Marcelo Gallardo está no ataque, entre Scocco e Pratto.

 

GRÊMIO X RIVER PLATE

Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai). Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 21h45.

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Bressan, Cortez; Michel (Alisson), Maicon, Cícero, Ramiro; Everton, Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

RIVER PLATE
Armani; Montiel, Maidana, Pinola, Casco; Nacho Fernández, Ponzio, Exequiel Palacios, Gonzalo Martínez; Borré, Scocco (Pratto). Técnico: Marcelo Gallardo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*