Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Pavilhão e Estúdio Vera Cruz volta a ser destaque no entretenimento

Pavilhão e Estúdio Vera Cruz volta a ser destaque no entretenimento
Morando vistoriou o espaço: “cabe ao gestor público trabalhar para a preservação”. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo busca a valorização da valorização da história e do patrimônio da cidade. Uma das ações do governo Orlando Morando (PSDB) nesse sentido foi a extinção da concessão, realizada pela gestão anterior, do Pavilhão e Estúdio Vera Cruz, localizado na Avenida Lucas Nogueira Garcéz, nº 860.

Famoso por todo o país a partir dos anos 1950 como a maior referência do Cinema à época, o espaço, sob domínio da prefeitura desde abril de 2017, tem resgatado sua identidade junto ao entretenimento, com destaque no mercado da TV.

Personalidades como top model Gisele Bündchen, o astro do futebol Neymar, o apresentador Luciano Huck foram algumas das que passaram pelo município nos últimos tempos, em gravações no estúdio.

A mais recente novidade do setor televisivo foi a confirmação que a gravação do novo programa do apresentador Gugu Liberato, da Record, “Canta Comigo” ocorrerá no Vera Cruz, em 18 de julho. Assim como a atração “The Wall”, que trouxe Luciano Huck, o “Canta Comigo” também será uma produção da Endemol Shine.

“O morador de São Bernardo tem o privilégio de ter a história do Estúdio Vera Cruz, famoso por impulsionar o legado do cinema brasileiro. Cabe ao gestor público trabalhar por todas essas preservações”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB).

Gestão

A responsabilidade de gestão do espaço é da Secretaria de Comunicação. No fim do ano passado, a prefeitura e a Endemol firmaram acordo por três meses para as gravações das versões de Argentina, Chile, Colômbia e Uruguai do formato “The Wall”.

“Esta foi uma importante ação, que recolocou o Vera Cruz em linha com a sua origem e, paralelamente, trouxe muitos ganhos para o município, como aquecimento da economia local e empregos indiretos”, comentou a secretária de Comunicação, Thais Santiago.

O espaço histórico foi inaugurado em 1949 pelo produtor italiano Franco Zampari e pelo industrial Francisco Matarazzo Sobrinho e teve seu auge até 1954. O estúdio foi reconhecido internacionalmente com o filme “O Cangaceiro”, premiado no Festival de Cannes.

O Pavilhão e Estúdio Vera Cruz, quando não utilizado para o entretenimento, se torna palco de exposições e feira de negócios. No início do mês foi palco da Expo Feira de Noivas, que reuniu 50 expositores de diversos segmentos ligados ao mercado do Casamento.

“A aptidão do Vera Cruz é o pólo da TV, Cinema e entretenimento. Mas, quando conseguindo, é importante promover eventos de negócios”, pontuou Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*