Esportes, Futebol, Paulistão

Paulo Vinícius reconhece ‘acomodação’ e pede atenção redobrada contra Rio Claro

Paulo Vinícius fez 17 jogos pelo São Caetano este ano. Foto: Fabrício Cortinove/AD São CaetanoO São Caetano começa a decidir com o Rio Claro, no sábado (29), uma vaga na elite paulista. Às vésperas de iniciar a fase semifinal da Série A2, o meia Paulo Vinícius reconheceu certo “acomodação” do Azulão nos últimos jogos e recomendou ao grupo esquecer a campanha realizada na etapa classificatória e ter atenção total para não ser surpreendido no duelo inicial do mata-mata.

“As duas últimas partidas geraram certa acomodação em nosso grupo, por já estarmos classificados. Porém, a partir de sábado é outro campeonato que se inicia. É preciso estar ligado desde o começo do jogo. Cada jogador vai oferecer  seu melhor para conseguirmos o tão sonhado acesso”, disse.

O armador ainda destacou as lições retiradas do embate realizado entre os clubes pela primeira fase. São Caetano e Rio Claro se enfrentaram pela sexta rodada e, na oportunidade, jogando no Augusto Schmidt Filho, o Galo Azul ganhou pelo placar de 1 a 0.

“Tomamos um gol tolo, que não esperávamos. Depois corremos atrás do resultado, mas não conseguimos empatar. Agora é preciso de foco total para não sofrermos novamente”, avaliou.

Evolução

De jogador para compor o elenco a um dos protagonistas do Azulão: essa é a trajetória de Paulo Vinícius, autor de dois gols e cinco assistências concedidas ao longo do estadual.

Tendo a maior sequência entre os titulares do São Caetano, desde que foi promovido aos profissionais, o dono da camisa 10 ressaltou a confiança recebida dos companheiros.

“Grupo, treinador e comissão técnica me deram todo o respaldo de que precisava. Devo muito a cada um deles pelo meu crescimento”, afirmou o meia, que já disputou 35 jogos com a camisa do Azulão, 17 nesta temporada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*