Brasileirão, Esportes

Palmeiras supera Athletico-PR e encerra sequência de três derrotas no Brasileirão

O Palmeiras encerrou sequência negativa de três derrotas no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (28), no Allianz Parque, o time do técnico Abel Ferreira sofreu um pouco como nos últimos jogos, mas conseguiu derrotar o Athletico-PR por 2 a 1 para se manter na segunda colocação.

A equipe alviverde, que vinha de derrotas para Fortaleza, Atlético-MG e Cuiabá, agora soma 35 pontos e está três atrás do líder Atlético-MG, que entra em campo neste domingo para enfrentar o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista. A equipe paranaense alcançou o quinto jogo sem vitória, estacionou nos 23 pontos e está em nono.

O Palmeiras começou o jogo sem afobação. Com duas mudanças no ataque em relação ao jogo com o Cuiabá, o time ganhou terreno até conseguir abrir o placar. A primeira chance surgiu em finalização de Raphael Veiga, que parou em boa defesa de Santos. O gol saiu pouco depois, em cobrança de escanteio. Mesmo cercado por três marcadores, Luan tocou de cabeça no ângulo, sem chance para o goleiro do Athletico-PR.

Com vantagem no placar, o Palmeiras recuou suas peças e se posicionou para atrair o Athletico-PR para uma armadilha. Quase deu certo ainda no primeiro tempo, sempre com Dudu na criação das jogadas. O problema era que Willian, uma das novidades de Abel no ataque, falhou na finalização pelo menos duas vezes.

Para o segundo tempo, o Athletico-PR – que teve um gol anulado por toque de mão de Terans nos instantes finais da etapa inicial – voltou mais ofensivo, com o atacante Carlos Eduardo no lugar do meio-campista Christian. A equipe paranaense cresceu na partida.

Abel ainda modificou todo o ataque para dar uma resposta, mas não deu tempo para surtir efeito. O empate foi inevitável. Terans fez fila e rolou para Bissoli. O atacante – que minutos antes havia finalizado de maneira bisonha – acertou uma finalização perfeição, com força, sem chance para Weverton.

As mudanças do treinador do Palmeiras, no entanto, foram responsáveis pela retomada no placar. Breno Lopes, Deyverson e Rony criaram o lance que terminou com finalização do atacante ex-Athletico-PR. O jogador preferiu não comemorar pelo passado da equipe paraense.

Nos minutos finais, o Palmeiras recuou e, apesar da pressão do Athletico-PR, conseguiu segurar o importante resultado.

PALMEIRAS 2 X 1 ATHLETICO-PR

Gols: Luan, aos 22 minutos do 1º tempo. Bissoli, aos 20, e Rony, aos 26 minutos, da 2ª etapa. Árbitro: Leandro Vuaden (RS). Estádio: Allianz Parque, em São Paulo.

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula) e Dudu (Felipe Melo); Raphael Veiga (Rony), Gabriel Veron (Breno Lopes) e Willian (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

ATHLETICO-PR

Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Zé Ivaldo e Abner; Richard (Erick), Christian (Carlos Eduardo) e Léo Citadini; Terans, Jader (Pedro Rocha) e Bissoli (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*