Brasileirão, Esportes, Futebol

Palmeiras poupa maioria dos titulares contra a Chapecoense

Zagueiro Juninho fará sua estreia com a camisa alviverde. Foto: Marcello Fim/Raw Image/FolhapressO técnico Cuca deverá colocar um time quase todo formado por reservas para enfrentar a Chapecoense hoje (20), às 19h, na Arena Condá, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

A ideia é preservar os principais jogadores da equi­pe para o confronto decisivo contra o Atlético Tucumán-ARG pela Copa Libertadores, na quarta-feira (24). O time pode até perder por um gol de diferença no Allianz Parque que, ainda assim, se classificará para as oitavas de final do torneio.

O goleiro Fernando Prass, o volante Tchê Tchê e o atacante Willian devem ser os únicos titulares a começar jogando na Arena Condá.

O técnico ainda deve promover a estreia do zagueiro Juninho, ex-Coritiba. O lateral direito Mayke, ex-Cruzeiro, que também foi contratado para reforçar o clube no Brasileiro, deve ficar no banco.

Com um dos elencos mais badalados do Brasil, o Palmeiras continua de olho no mercado para trazer, ao menos, mais dois jogadores. Na sua chegada, o técnico Cuca pediu um centroavante e um meia de ligação.

O diretor de Futebol, Alexandre Mattos, não fez proposta oficial, mas monitora a situação do atacante Sassá, que está afastado do Botafogo. O Cruzeiro já manifestou desejo pelo atleta.

O meia dos sonhos é Everton Ribeiro, que defende o Al-Ahli e pretende deixar os Emirados Árabes. O meia está próximo do Flamengo, mas também interessa ao São Paulo. O Palmeiras pode entrar na briga, pois o jogador é próximo de Mattos, com quem foi bicampeão brasileiro no Cruzeiro.

‘Beira o escárnio’, diz nota do clube sobre punição da Conmebol

O Palmeiras decidiu agir contra as punições impostas pela Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol). O clube saiu em defesa do volante Felipe Melo e dos torcedores em nota publicada no site oficial do clube, na qual os vereditos da entidade sul-americana são classificados como ‘escárnio’.

No comunicado assinado pelo presidente Mauricio Galiotte, o Palmeiras questiona a punição de seis jogos para Felipe Melo e os três duelos sem torcida visitante nas próximas fases da competição. “O sentimento é de total indignação e revolta com a falta de critério adotada pela Conmebol.”

Esse sentimento cresceu depois da divulgação da punição ao Peñarol. Mesmo como mandante e responsável pela segurança no Estádio Campeón Del Siglo, o clube uruguaio terá apenas uma partida com portões fechados como castigo.

 

CHAPECOENSE X PALMEIRAS

Ár­bitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC), às 19h (pay-per-view).

CHAPECOENSE

Jandrei; Apodi, Victor Ramos, Luiz Otávio e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e João Pedro; Rossi, Wellington Paulista e Arthur. Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS

Prass; Fabiano, Antônio Carlos, Juninho e Michel Bastos; Thiago Santos, Tchê Tchê, Róger Guedes, Raphael Veiga, Keno; e Willian. Técnico: Cuca

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*