Esportes, Futebol

Palmeiras encara sequência difícil na reta final

O Palmeiras terá quatro pedreiras na sequência final do Brasileiro, que podem definir o título antecipado para o time de Cuca na competição. Os adversários serão Santos, Inter, Atlético-MG e Botafogo.

Se conseguir triunfar nestes jogos, o Palmeiras, muito provavelmente, vai assegurar a taça do Nacional, o que não ocorre desde 1994.

Também deve colaborar o fato de o Flamengo, vice-líder seis pontos atrás (67 a 61), também ter algumas paradas indigestas pela frente.

Após a vitória alviverde sobre o Sport, no Allianz Parque, por 2 a 1, e o empate do Flamengo diante do Corinthians por 2 a 2, no Maracanã, as chances de título do Palmeiras aumentaram para 90%, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

O time rubro-negro, por sua vez, viu sua probabilidade de ser campeão cair para 5%.

Para Garcia, com apenas mais três vitórias é bastante provável que o time paulista já assegure o título brasileiro.

“O Flamengo está fazendo um grande campeonato, mas é difícil perseguir um time com a média alta do Palmeiras. Além disso, o rubro-negro ainda caiu de produção nas últimas rodadas”, analisou Garcia.

A euforia pelo título, no entanto, é algo que preocupa o comandante alviverde.

Após bater os pernambucanos, Cuca reuniu os jogadores para pedir atenção e concentração até o final.

“Diminuiu o número de jogos (restam seis) e aumentamos a vantagem de pontos. Falei para não se preocuparem com isso porque tem muita água para rolar embaixo da ponte. As coisas mudam no futebol. Os seis pontos podem não ser nada amanhã”, afirmou o técnico.

Cuca tenta conter a euforia no elenco: “Seis pontos podem não ser nada amanhã”. Foto: Arquivo

Cuca faz mistério para definir o substituto de Jailson no clássico

Destaque do Palmeiras debaixo das traves desde a lesão de Fernando Prass, Jailson recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Sport e criou problemas para Cuca para o clássico contra o Santos.

O substituto natural seria Vagner, mas o desempenho de Vinicius Silvestre nos treinos deixa a disputa aberta.

“Hoje (domingo) ficou no banco o Vinicius, que tem treinado bem. Eu, nessa ocasião, escuto muito o preparador de goleiros, que trabalha com eles todos os dias”, explicou o técnico Cuca.

Vagner chegou a ser o reserva imediato de Prass. Porém, após falhas na derrota para o Botafogo por 3 a 1 e no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, deu lugar a Jailson.

Com Vagner, a equipe alviverde fez quatro partidas e não venceu nenhuma. Foram três derrotas e um empate.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*