Esportes, Futebol, Libertadores

Palmeiras encara bolivianos para assumir liderança

Tchê Tchê: “É preciso levar bem o jogo e não errar”. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasO Palmeiras recebe o Jorge Wilstermann-BOL hoje (15), às 21h45, no Allianz Parque, pela segunda rodada da Libertadores, em duelo que vale a liderança do Grupo 5.

Os bolivianos visitam o Brasil após terem goleado o Peñarol por 6 a 2, em Cochabamba, na estreia. O Palmeiras, por sua vez, vem de empate com o Atlético Tucumán por 1 a 1, na Argentina.

Por isso, um triunfo simples deixará os comandados de Eduardo Baptista na primeira posição. Em seguida, o clube assistirá de camarote à partida entre Tucumán e Peñarol, na amanhã, no Uruguai, para saber se vai ser ou não o líder isolado na chave.

Para confirmar os três pontos, o Palmeiras terá casa cheia. Até ontem, 37 mil ingressos já haviam sido vendidos.

Os paulistas pregam respeito máximo ao adversário. “O Barcelona era dado como morto (na Liga dos Campeões após perder por 4 a 0 para o PSG, no jogo de ida) e conseguiu a classificação”, disse o volante Tchê Tchê.

“Isso serve como lição de respeito ao adversário. Temos que levar bem o jogo para não cometer erros”, seguiu o camisa 8, que fará sua estreia na competição. No primeiro jogo, Tchê Tchê voltava de lesão e acabou poupado. Além dele, Felipe Melo volta à equipe após cumprir suspensão no clássico na va­ga de Thiago Santos.

Na lateral esquerda, Zé Roberto pega a vaga de Egídio. Na zaga, Edu Dracena substitui Vitor Hugo, suspenso. A única dúvida está entre Guerra e Keno, e o escolhido implicará o posicionamento de Dudu. Se jogar o venezuelano, o camisa 7 ficará aberto pela esquerda. Se atuar o segundo, Dudu jogará pelo meio.

 

PALMEIRAS X JORGE WILSTERMANN-BOL

Árbitro: Eduardo Gamboa (CHI). Estádio: Allianz Parque, em São Paulo, às 21h45 (Globo, Fox Sports).

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê, Dudu e Michel Bastos; Keno e Miguel Borja. Técnico: Eduardo Baptista.

JORGE WILSTERMANN-BOL

Olivares; Aponte, Zenteno, Alex Silva e Morales; Machado, Santos, Saucedo e Cardozo; Cabezas e Franco Olego. Técnico: Roberto Mosquera.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*