Esportes, Libertadores

Palmeiras e Atlético-MG abrem as semifinais da Libertadores no dia 21 de setembro

A Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) definiu nesta sexta-feira (20) as datas e horários das semifinais da Libertadores depois que todos os classificados foram conhecidos. Palmeiras e Atlético-MG vão abrir os duelos por vaga à final. Flamengo e Barcelona de Guayaquil se enfrentam no dia seguinte.

Palmeiras e Atlético-MG medem forças em 21 de setembro, uma terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque. A volta ocorre uma semana depois, no Mineirão, em Belo Horizonte. Para chegar à semifinal, o alviverde eliminou Libertad e São Paulo. O time mineiro, que deixou pelo caminho Boca Juniors e River Plate, fez a melhor campanha da fase de grupos e, por isso, tem a vantagem de decidir em casa.

No dia 22, uma quarta-feira, também às 21h30, o Flamengo encara o Barcelona de Guayaquil no Mané Garrincha, em Brasília. O segundo duelo será realizado no dia 29, no estádio Monumental, em Guayaquil.

O time rubro-negro passou por Defensa Y Justicia e Olimpia, enquanto o adversário equatoriano, “intruso” na semifinal quase composta inteiramente por clubes brasileiros, superou Velez Sarsfield e o Fluminense, impedindo que houvesse um Fla-Flu inédito. Os vencedores de cada semifinal se encontram na decisão no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, marcada para o dia 27 de novembro.

Atlético-MG e Flamengo jogaram as quartas com a presença de público. A equipe Mineira foi apoiada por 17 mil torcedores no Mineirão, mas o protocolo sanitário não foi respeitado, com aglomeração dentro e fora do estádio e diversos torcedores sem máscara. O prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do clube, Alexandre Kalil, admitiu que o evento “não passou no teste” e que pode rever sua decisão de permitir a entrada dos torcedores.

Como no Rio de Janeiro ainda não foi liberada a presença de público nos estádios, o Flamengo transferiu seus dois últimos jogos da Libertadores para o Mané Garrincha, em Brasília, onde o público foi autorizado.

O Palmeiras avisou que respeitará a decisão do governo de São Paulo de liberar público apenas a partir de 1º de novembro e vai jogar no Allianz Parque sem o apoio de seu torcedor, descartando a possibilidade de alterar a partida para outro Estado. No Equador, ainda não há definição. É provável que o Barcelona também com os portões fechados.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*