Brasileirão, Esportes, Futebol

Palmeiras colhe frutos de ‘intertemporada’ forçada

Palmeiras colhe fruto de ‘intertemporada’ forçada
O Palmeiras, de Zé Rafael, começou “voando” o Nacional. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

A eliminação na semifinal do Campeonato Paulista e a pau­sa “forçada” antes de iniciar o Brasileirão podem ter virado motivo de sucesso para o Palmeiras. A comissão técnica atribui ao período de 15 dias sem atuar o fato de equipe ter retomado o futebol me­lhor e de resultados incontestáveis, com duas goleadas por 4 a 0.

No último domingo, o time derrotou com facilidade o Fortaleza no Allianz Parque, na estreia no Brasileirão, e despontou entre os líderes da tabela juntamente com o Ceará. No compromisso anterior, na quinta-feira, a equipe também fez 4 a 0 no Melgar, em Arequipa, no Peru, e confirmou classificação às oitavas de final da Libertadores.

As duas partidas tiveram entre si um intervalo curto, de menos de 72 horas, mas o time titular não sentiu o cansaço, a viagem e a chuva. “Estamos melhores não só fisicamente, mas o trabalho técnico ficou um pouco melhor nesses últimos 15 dias. Acrescentou nos atletas algumas coisas”, comentou o treinador Luiz Felipe Scolari, que elogiou a atuação contra o Fortaleza.

O técnico disse estar satisfeito com o time, principalmente o fato de a goleada servir para dar confiança ao Palmeiras e mostrar um padrão de atuar parecido com o do ano passado. “Jogamos bem equilibrados, to­do o nosso time. Esse equilíbrio foi o que deu a chance de ganhar o Campeonato Brasileiro no ano passado. Vamos ver se mantemos isso”, comentou Felipão.

O Palmeiras teve os 15 dias livres no calendário depois de ter sido eliminado na semifinal do Campeonato Paulista, pelo São Paulo. Os outros grandes do futebol paulista tiveram com­promissos nesse período, co­mo as decisões do Estadual ou partidas pela Copa do Brasil, como foi o caso do Santos.

Outros participantes do Brasileirão, como Fortaleza, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio, também estiveram envolvido com os Estaduais nessas últimas semanas.

Amanhã (1º), o Palmeiras volta a campo contra o CSA, em Maceió, pela segunda rodada do Brasileirão, e Felipão promete que vai relacionar para a partida o volante Matheus Fernandes, reforço trazido do Botafogo e que ainda não estreou. “Ele vai viajar para o jogo contra o CSA. Estamos fazendo um trabalho com o departamento físico, de fisiologia e nutrição, graças ao qual o Matheus Fernandes vai melhorando e se adaptando”, explicou.

 

Goulart tem lesão no joelho e será desfalque por dois meses

O atacante Ricardo Goulart será desfalque do time por cerca dois meses. O jogador sofreu lesão no menisco lateral do joelho direito no último domingo, durante a vitória do Palmeiras sobre o Fortaleza, e terá de ser submetido a uma nova artroscopia para poder voltar a atuar pela equipe.

O clube confirmou a lesão após exame realizado ontem (29). O atacante só deve voltar ao Palmeiras após a Copa Amé­rica, em julho. Contra o Fortaleza, Goulart foi substituído pelo meia Zé Rafael, que entrou na partida e foi o grande destaque da vitória, ao fazer dois gols e dar passe para outro.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*