Esportes, Futebol

Palmeiras avança em negociação com Felipe Melo

O Palmeiras está próximo de contratar o volante Felipe Melo, 33 anos, que pertence à Inter de Milão. O clube paulista e o jogador avançaram nas negociações nos últimos dias e agora aguardam a liberação do clube italiano.

Empresário do volante, o espanhol José Rodri deve se reunir com representantes da Inter de Milão na próxima segunda-feira (2), de acordo com o estafe do atleta.

A expectativa é que o clube italiano não coloque obstáculos para liberar Felipe Melo, que possui contrato até a metade de 2017. A equipe de Milão contratou o jogador em agosto do ano passado após pagar 3,5 milhões de euros ao Galatasaray, da Turquia.

“Sobre o Felipe Melo, as conversas com o Palmeiras avançaram, mas a negociação depende da Inter. Qualquer definição somente (ocorre) após o dia 2”, escreveu Gustavo de Souza, assessor de Felipe Melo, em sua conta no Twitter.

Desde o início da temporada europeia, o volante disputou apenas dez partidas, sendo três como titular.

O jogador atuou pela última vez no dia 18, quando foi expulso na vitória da equipe de Milão sobre o Sassuolo.

Revelado pelo Flamengo e com passagens por Cruzeiro e Grêmio, Felipe Melo deixou o Brasil em 2004, quando se transferiu para o Mallorca. O volante ainda defendeu o Racing Santander, Almería, Fiorentina, Juventus, além de Galatasaray e Inter de Milão.

Expulsão

Convocado por Dunga pa­ra a Copa de 2010, Felipe Melo ficou marcado pela expulsão e pelo gol contra nas quartas de final contra a Holanda, quando o Brasil perdeu por 2 a 1 e foi eliminado.

Até o momento, o Palmeiras anunciou três contratações para 2017: os meias Hyoran (Chapecoense) e Raphael Veiga (Coritiba) e o atacante Keno (Santa Cruz).

O clube ainda negocia a contratação dos meias Michel Bastos, do São Paulo, e do venezuelano Alejando Guerra, do Atlético Nacional de Medellín-COL.

Guerra tem a negociação muito bem encaminhada. Deve realizar exames e assinar o contrato com o clube alviverde até o final da semana.

Felipe Melo não deve encontrar obstáculo na Internazionale para sua liberação. Foto: Arquivo

Alexandre Mattos: contratação de Borja é ‘para a China e olhe lá’

A chegada de Miguel Borja ao Palmeiras pode até acontecer, mas só se o Atlético Nacional aceitar baixar sua exigência financeira. Em entrevista concedida ontem (27) à Rádio Jovem Pan, o diretor de futebol do clube paulista, Alexandre Mattos, colocou a pedida dos colombianos muito acima do que times do Brasil seriam capazes de pagar. Acima, inclusive, de padrões europeus.

“Borja é um dos poucos em quem o Palmeiras demonstrou interesse. Em outubro, liguei para o Atlético Nacional, mas e os valores que me falaram estão fora de qualquer cenário do Brasil. Não sei nem se para a Europa. Pelo que me falaram, é para a China e olhe lá”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*