Brasil, Editorias, Notícias

País vive ‘estabilidade extraordinária’, diz Michel Temer em Nova York

Michels Temer: “paralisia política ficou para trás”. Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer afirmou ontem (21) em Nova York que o Brasil vive uma “estabilidade política extraordinária”. Sem mencionar o governo anterior, Temer indicou que a paralisia política gerada pela má relação entre Executivo e Legislativo ficou para trás. “No Brasil, hoje, temos estabilidade política extraordinária, por causa da relação política muito adequada entre o Executivo e o Legislativo. O que também dá segurança jurídica, porque temos alardeado que, l no Brasil, o que for contratado será cumprido”, afirmou.

O discurso ocorreu em almoço com 270 empresários organizado pelo Conselho das Américas, foro de companhias com negócios na América Latina. “Passamos por um brevíssimo período de instabilidade política. Não uma instabilidade definitiva, na medida em que se verificou um processo político que levou a um impedimento”, disse .

Temer lembrou as dificuldades que herdou da gestão anterior, como um “déficit orçamentário muito grande”. “Apanhamos também uma situação de desemprego muito acentuada, com quase 12 milhões de desempregados e por isso haveríamos, embora com muita cautela, de enfrentar essas questões. A primeira ideia que ocorreu foi a de que é preciso uma integração e interação muito grandes entre o Legislativo e Executivo. Na democracia você não tem autoritarismos”, disse.

Após o almoço, Temer afirmou à imprensa que não se preocupa em tocar “medidas supostamente impopulares”. “Se a minha popularidade cair para 5%, mas eu salvar o Brasil nestes dois anos e quatro meses, me dou por satisfeito”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*