Esportes, Paulistão

Paes falha, São Caetano perde para o São Paulo e está eliminado

Paes falha, São Caetano perde e está eliminado
Paes lamenta falha no primeiro gol do São Paulo. Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Folhapress

Um erro do goleiro Paes, ao receber bola recuada, abriu o caminho para a eliminação do São Caetano, que perdeu para o São Paulo por 2 a 0 ontem (20), no Morumbi, em jogo das quartas de final do Campeonato Paulista. No duelo de ida, no Anacleto Campanella, o Azulão havia derrotado o Tricolor por 1 a 0 e, por isso, jogava por um empate.

A classificação do São Paulo frustra a expectativa do time do ABC de chegar novamente às semifinais do Paulistão – a última vez que o Azulão conseguiu esse feito foi em 2007.

É também a primeira vez que o Tricolor derrota o São Caetano em um mata-mata. Nos dois duelos anteriores, em 2004 e 2007, o time do ABC havia levado a melhor.
Agora, os comandados do técnico Diego Aguirre esperam os embates de hoje e amanhã para conhecer o adversário nas semifinais.

O jogo

Até o momento do gol, marcado por Tréllez aos 19 minutos da segunda etapa, o São Paulo dominava a partida, mas criava pouco.

Aguirre fez seis mudanças em relação ao time que foi derrotado há três dias.

Recuperado de contusão, Sidão e o lateral esquerdo Reinaldo reassumiram os lugares de Jean, que havia falhado no jogo de ida, e Júnior Tavares, respectivamente. O setor ainda contou com Bruno Alves, que substituiu Rodrigo Caio, convocado para a seleção.

No meio, o treinador trocou a experiência de Petros pela juventude de Liziero, que formou dupla com Jucilei.

O uruguaio apostou também na velocidade de Marcos Guilherme pela beirada e colocou Nenê para jogar na função de Cueva, que está com a seleção peruana. A sexta mudança foi a entrada de Tréllez no lugar de Diego Souza.

No primeiro tempo, o Tricolor criou três boas chances de gol, com Tréllez, Reinaldo e Marcos Guilherme.

Após o intervalo, Diego Aguirre ouviu gritos de burro por trocar Valdivia (lesionado) por Lucas Fernandes.

Para fazer o primeiro gol, o São Paulo contou com o erro de Paes – que, após receber bola recuada, demorou para chutar e, quando o fez, acertou o atacante Tréllez, que completou de cabeça para o gol aos 19 minutos.

O São Paulo insistiu e foi premiado com o gol da classificação. Lucas Fernandes fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Diego Souza, que substituiu Liziero, testou firme. A bola bateu na trave e na mão de Paes antes de entrar.

 

SÃO PAULO 2 X 0 SÃO CAETANO

Gol: Tréllez, aos 19, e Diego Souza, aos 39 minutos do segundo tempo. Ár­bi­tro: Salim Fende Chavez. Renda: R$ 414.726 (17.899 presentes). Estádio: do Morumbi, em São Paulo, ontem à noite.

SÃO PAULO

Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Liziero (Diego Souza) e Nenê; M. Guilherme (Caique), Valdivia (Lucas Fernandes) e Tréllez. Técnico: Diego Aguirre.

SÃO CAETANO

Paes; Alex Reinaldo (Pedro Costa), Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinicius Kiss, Nonato (Niltinho), Ferreira e Chiquinho; Diego Rosa (Marino) e Ermínio. Técnico: Pintado.

 

Goleiro chora após a eliminação: ‘Quem sofre com o erro são os parentes’

O goleiro Paes, do São Caetano, chorou durante entrevista após a partida contra o São Paulo, ontem (20), no Morumbi, pelas quartas de final do Paulistão.

O jogador teve papel determinante na eliminação do Azulão do Estadual. Aos 19 minutos do segundo tempo, Paes demorou demais para dar um chutão e foi travado por Tréllez. A bola subiu e ficou limpa para o colombiano abrir o placar – depois, Diego Souza faria o segundo.

“Não sei o que aconteceu, acho que a bola escapou um pouco. Quem sofre são os parentes, que estão assistindo ao jogo e veem a gente perder por uma falha minha. Agora é esfriar a cabeça e não tomar uma decisão precipitada. Tenho de ver o que o São Caetano prepara pra mim”, disse o goleiro ao canal Sportv.

Depois de vencer o Tricolor por 1 a 0, no último sábado, no Anacleto Campanella, o São Caetano jogava por um simples empate para ir às semifinais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*