Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Obras do Drenar terão contratos revistos

Morando: “pegamos uma obra inacabada”. Foto: Eberly LaurindoO prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), afirmou que todos os contratos das obras do Programa Drenar – conjunto de intervenções iniciadas no governo do ex-prefeito Luiz Marinho (PT) cujo objetivo era acabar e/ou reduzir os problemas com enchentes e alagamentos na cidade – serão revistos. A maior delas, a construção do piscinão localizado ao lado do Paço Municipal, não deve ficar pronta este ano.

“Pegamos uma obra inacabada, com diversos problemas até o momento contratuais, nossa auditoria está levantando, a obra não será finalizada para esse período de chuvas e assim que tivermos um diagnostico melhor do contrato poderemos assegurar quando a obra será concluída”, afirmou o tucano.

“É uma obra que se estende já por quase três anos e infelizmente deveria ter sido concluída na gestão anterior. Esse piscinão não vai colaborar com as chuvas deste ano”, reiterou. O chefe do Executivo destacou que tem vistoriado as obras e que o relatório final com a situação de todas elas deve ser concluído em até 15 dias.

“Está tudo sendo avaliado dentro dos contratos. Estive vistoriando o túnel da Jurubatuba, também está sem conclusão. O primeiro passo é construir o túnel e depois fazer a microdrenagem que levará as chuvas para dentro do túnel, que também não foi iniciada”, completou.

De acordo com os cronogramas iniciais, o piscinão do Paço deveria ser concluído em 31 de dezembro de 2016 e o orçamento inicial, em 2013, era de R$ 295 milhões. Ao final do ano passado, o então prefeito Marinho prometeu a obra para 20 de março de 2017.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*