Minha Cidade, Santo André, Sua região

Obras de restauro promovem preservação de Paranapiacaba

Obras de restauro promovem preservação da histórica Vila de Paranapiacaba
Restaurada, Torre do Relógio da estação será inaugurada neste sábado. Foto: Angelo Baima /PSA

Prestes a receber a 19ª edição do Festival de Inverno, Paranapiacaba recebeu diversas obras de restauro e recuperação nos últimos anos, com o objetivo de preservar a histórica vila inglesa. A mais recente intervenção foi o restauro da Torre do Relógio da estação, que será inaugurada neste sábado (20), às 19h.

Desde o início da atual administração também foram recuperados o Museu Castelo, a Casa Fox (Casa da Família Ferroviária), o Centro de Visitantes do Parque Nascentes e a igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba. Também foram entregues nesta gestão as novas sedes da GCM e do Corpo de Bombeiros, a Biblioteca (antiga Casa do Engenheiro) e a revitalização do Centro de Informações Turísticas.

Outra obra importante foi o restauro da antiga Garagem das Locomotivas, que abriga a plataforma do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). O restauro foi realizado com recursos do PAC Cidades Históricas, fruto de parceria do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) com a Prefeitura de Santo André.

O Museu Castelo, reaberto em abril deste ano após passar por reforma, era a antiga moradia do engenheiro-chefe da ferrovia. O local recebeu série de melhorias como nova pintura, reformas na parte elétrica, no telhado e no assoalho. Também foram realizadas a recuperação da lareira no quarto superior, das janelas da face sul e do mastro das bandeiras e a instalação de iluminação interna e externa, além de melhorias do paisagismo e substituição de vidros quebrados. Ingressos custam R$ 3, com direito a visita guiada.

A Casa Fox, uma conjunto de duas casas geminadas, foi recuperada e passou a abrigar no ano passado a Casa da Família Ferroviária. O local conta com série de móveis, utensílios e decorações da década de 1930 e visitá-la é uma verdadeira viagem no tempo a uma casa de ferroviários daquela época. As visitas guiadas custam R$ 3.

Instalada na parte alta da Vila, a igreja Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba também foi recuperada num trabalho que envolveu, além da Prefeitura, a comunidade, ex-moradores e a Diocese do ABC. A obra, que foi entregue neste ano, compreendeu a troca do telhado e instalação elétrica, bem como a impermeabilização de todo o prédio e a pintura. Foram recuperados ainda a porta de madeira da entrada, o sino e a torre, além da casa do pároco e o banheiro. A iluminação local recebeu melhorias.

A Torre do Relógio da estação foi erguida em 1898 e há anos não recebia melhorias. Após um completo restauro, será entregue no dia da abertura do Festival de Inverno deste ano. O trabalho incluiu melhorias na torre, o conserto do relógio, que estava parado desde 2003, e a instalação de nova iluminação.

Festival de Inverno

O 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba começa no próximo sábado (20), com série de atrações. A programação completa está disponível no site www.santoandre.sp.gov.br/fip. Os shows, exposições e intervenções culturais acontecerão em dez pontos diferentes da vila inglesa. Como nas edições recentes, as atividades destacam ainda mais a principal atração do festival: a própria Paranapiacaba. O Banco de Alimentos vai arrecadar 1 kg de alimento não perecível ou itens de higiene.

Nos quatro dias, quem for à vila ferroviária poderá conferir ainda série de oficinas, vivências, saraus, exposições e atividades de lazer, além de feiras como a de Artes e Antiguidades, de Vinil e a de produtos de cambuci, fruto típico da Mata Atlântica. O espaço Locobreque abrigará as apresentações de circo. E a webrádio Rádio Plano B fará a transmissão ao vivo do evento.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*