Esportes, Futebol

Novo advogado de Najila diz que Neymar se complicou em depoimento

A modelo Najila Trindade tem novo advogado na acusação de estupro contra Neymar. Cosme Araújo Santos, crimina­lista da Bahia, assumiu o caso ontem (14) após receber procuração assinada pela modelo. Ele é amigo do pai de Najila, que mora na Bahia, e avaliou que o atacante se complicou no depoimento de quinta-feira.

Cosme tenta adiar dois julgamentos dos quais vai participar para marcar sua viagem a São Paulo, o que deve acontecer na semana que vem. O defensor afirmou que ainda não teve acesso ao inquérito e que também não viu o vídeo de sete minutos que teria imagens do segundo encontro entre Neymar e Najila.

“Eu não poderia ver (o vídeo) porque estou entrando no caso agora. Ontem, Najila assinou a procuração. Não tive acesso a nenhum inquérito. Posso adiantar que existem fortes indícios de que alguém ganhou di­nheiro usando o nome dela. Não estou fazendo afirmação, estou dizendo que existem fortes indícios”, afirmou, à reportagem.

Cosme aconselhou Najila a gravar um vídeo para esclarecer seu posicionamento sobre a ação da polícia no caso. A mode­lo relatou suposto arrombamento do seu apartamento, no qual um tablet com imagens do seu segundo encontro com Neymar teria sido roubado. Ao ser questionada no SBT sobre o resultado da investigação, que encontrou apenas digitais da modelo e da empregada no apartamento, Najila afirmou: “É, mas a polícia está comprada, né? Ou eu estou louca?” A afirmação gerou Boletim de Ocorrência por difamação. “Ela vai dizer que a colocação dela foi mal interpretada.”

O defensor avalia que Neymar se complicou ainda mais após o depoimento de quinta-feira. “Ele confessou que bateu a pedido dela. Por que temos de acreditar na palavra dele contra a palavra de uma pessoa lapeada na pancada? Por que a palavra dela tem menos valor do que a dele? Por que ele é famoso e tem dinheiro?”, questionou.

“Se for assim, para mim não tem Justiça. O que nós buscamos é a verdade. Não podem tentar desqualificar uma moça humilde, do interior da Bahia, de família pobre e que vive uma vida comum. Só por ser uma mulher bonita, eles acham que pode ser usada como objeto”, concluiu.

Cosme Araújo Santos é o quarto advogado a assumir o caso pelo lado de Najila. José Edgard Bueno, Yasmin Abdalla e Danilo Garcia de Andrade deixaram a defesa da modelo anteriormente. O primeiro advogado afirmou que Najila não havia mencionado estupro nas conversas, apenas agressão. Yasmin Abdalla assumiu o caso, mas decidiu apenas oferecer apoio pessoal e indicou Danilo Garcia, especialista na área.

Na última segunda-feira, Danilo deixou o caso alegando que havia sido acusado pela própria modelo de roubar um tablet e, por quebra de confiança, não poderia continuar no caso. O objeto é peça importante na investigação, pois armazenaria imagens do segundo encontro com Neymar que foram gravadas pela modelo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*