Editorias, Notícias, Veículos

Nova geração do 308 rompe com estilo ‘comportado’ de antecessora

Nova geração do 308 rompe com estilo ‘comportado’ de antecessora
Reestilizado, hatch da Peugeot deve ser lançado no mercado europeu no segundo semestre, com possibilidade de chegar ao Brasil em 2022 . Foto: Divulgação

DANIEL DIAS
AutoMotrix

A Peugeot revelou na Fran­ça a nova geração do 308 completamente reestilizada. A chegada do hatch médio ao mercado eu­ropeu ocorrerá no segundo se­mestre deste ano e há possi­bilidade de desembarcar no Brasil em 2022.

O visual externo é uma das principais novidades e rompe com o estilo “comportado” da geração anterior, além de aprimorar a eficácia aerodinâmica. Estilisticamente, chama a atenção a proximidade do design com as mais recentes criações da marca francesa, especialmente com o 508. Porém, o novo 308 ostenta identidade própria des­tacada pe­las formas modernas, que lhe conferem porte elegante com to­ques de esportividade.

Na gama de motorizações, o destaque são as duas novas opções híbridas plug-in (com ba­terias recarregáveis em tomadas). O 308 Hybrid 225 conjuga o motor 1.6 PureTech de 180 cv e 26 kgfm de torque com um elétrico de 110 cv e 33 kgfm, para ren­dimento combina­do de 225 cv e 37 kgfm, com a bateria de íons de lítio com 12,4 kWh de capacidade, garantindo autonomia de 59 km em modo totalmente elétrico. O motor a combustão traba­lha com a transmissão automática de oito velocidades.

No caso do 308 Hybrid 180, a principal diferença está na potência do motor a gasolina, com 150 cv. O carregador de bordo de série é de 3,7 kW (7,4 kW como opcional), com tempos de recarga de uma hora e 55 minutos em uma Wallbox (ponto fixo de recarga), de três horas e 50 minutos em uma tomada de 16 amperes e de sete horas em uma tomada convencional.

A gama de motores do novo 308 se completa com duas op­ções a gasolina: o 1.2 PureTech (turbo) de 110 cv e câmbio ma­nual de seis marchas; e o 1.2 Pu­reTech de 130 cv e transmissão manual de seis veloci­dades ou automática de oito. Para a Europa há ainda a opção a diesel, o 1.5 BlueHDi de 130 cv com caixa manual de seis velocida­des ou automática de oito.

O novo logotipo da Peugeot está bem chamativo na grade frontal tipo colmeia. Os grupos óticos bem afilados têm o “dente de sabre” (já visto no novo 208 vendido no Brasil) formando a iluminação diurna full-LED – que se prolonga pelo para-choque – nos dois lados.
A linha descendente do te­to termina em um grande defletor, enquanto o conjunto de lanternas e faroletes traseiros, por LED em todas as versões, exibe a nova assinatura visual da marca.

Com 4,36 metros de comprimento, 1,85 m de largura, 1,44 m de altura e 2,67 m de entre-eixos, o novo 308 cresceu em comparação ao antecessor 11 cm no comprimento, 4,8 cm na largura e 5,5 cm no espaço do banco traseiro, com o para-brisa afixado em uma posição mais inclinada e recuada, para favorecer o estilo e a aerodinâmica. A ca­pacidade do porta-malas foi re­duzida de 420 para 412 litros – com o banco traseiro rebatido, passa de 1.228 para 1.323 litros.

O interior da cabine é dominada pela iluminação ambien­te por LED, com oito cores dis­poníveis, e a mais recente evo­lução do i-Cockpit, agora incluindo volante compacto multifuncional com sensores que detectam as mãos do motorista. Somam-se um painel de instrumentos totalmente digital e configurável de dez polegadas (de série a partir da versão Active Pack e com efeito tridimensional na GT) e o sistema de infoentretenimento i-Connect – que, nas configurações mais equi­padas, oferece tela touschscreen de dez polegadas, colocada em posição mais baixa em relação ao painel de instrumentos, com espelha­mento de smartphones com Apple CarPlay e Android Auto.

No quesito auxílio à condu­ção, o novo Peugeot 308 traz controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência com alerta de colisão frontal e detecção de pedestres e ciclistas, assistente ativo de manutenção de faixa, alerta de atenção do con­dutor, assistente de leitura de sinais de trânsito, alarme, monitorização de ponto cego, alerta de tráfego cruzado na traseira, câmara panorâmica de 360º e freio de estacionamento elétrico.

A partir do final do ano, será disponibilizado o pack Drive Assist 2.0, que adiciona novas funções para rodovias com duas ou mais faixas de rodagem, mudança semiautomática de faixa com posterior retorno à original (auxilia na ultrapassagem autônoma) e adaptação da veloci­dade disponível até 180 km/h.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*