Últimas Notícias

No mês da mulher, São Bernardo intensifica atendimento nas UBSs

Na busca por oferecer serviço diferenciado às mu­lheres, a Prefeitura de São Bernardo vai realizar, na próxima semana (de 11 a 16), a “Semana da Mulher. Todas as 34 Unidades Básicas de Saúde (UBS) vão oferecer, consultas ginecológicas e exames preventivos de câncer de mama e colo de útero, sem necessidade de agendamento prévio.

Das 7h às 17h, as mu­lheres serão acolhidas por equipe multiprofissional, com­posta por médicos ginecologistas, enfermeiras e técnicos de enfermagem. A expectativa é que 6 mil mu­lheres sejam atendidas ao longo da semana. Em caso de detecção de anormalidade, as pacientes serão encaminhadas para exames mais aprofundados.

HOMENAGEM

No Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta sexta-feira (8), o prefeito Orlando Morando (PSDB) visitou o Hospital Municipal Universitário (HMU), a fim de parabenizar pacientes e funcionárias que atuam na unidade de saúde.

“Esta é uma data muito importante e não poderíamos deixar de homenagear as mulheres. Neste hospital, 99% dos cargos são ocupados por elas. Além disso, em média, 500 partos são realizados por mês aqui. Entrego esta flor, como forma de agradecimento pela dedicação diária aos serviços prestados. Seguimos trabalhando com compromisso de melhorar a Saúde”, disse Morando.

Responsável pela pasta de Saúde e também médico ginecologista, Geraldo Reple destacou a ação como uma importante conscientização às mulheres, no que corresponde a importância do diagnóstico precoce. “O câncer de mama é a doença que mais mata as mulheres no mundo. Descobrir o problema, desde o início, torna o tratamento mais eficaz. Por isso, o plano contínuo de levar a informação”, pontuou Reple.

Durante a agenda oficial, o prefeito também aproveitou para salientar a importância de combater o femicídio. “Precisamos eli­minar este grave problema, que vem aumento. As mu­lheres precisam denunciar todas as agressões. Estamos empenhados em extinguir este tipo de crime e oferecer todo apoio necessário às vítimas”, destacou Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*