Últimas Notícias

Nível do Cantareira continua abaixo do ideal; especialista não descarta racionamento

O nível do Sistema Cantareira, que abastece a região metropolitana de São Paulo, está em 32,9%, de acordo com informação atualizada na manhã desta segunda-feira (14), pela Sabesp. O volume atual do sistema é praticamente o mesmo de um mês atrás, varian­do apenas 0,4% no período.

Nas últimas 24 horas foi re­gistrado aumento de 0,2%. Pelos critérios da Sabesp, o sistema opera em nível de alerta quando o volume é igual ou inferior a 40%. Desde outubro, o volume tem funcionado dentro desse limite. No dia 3 daquele mês, o nível era de 40,7%.
De acordo com o especialis­ta em eficiência hídrica, Wagner Cunha Carvalho, membro do Instituto para a valorização da Educação e da Pesquisa no Estado de São Paulo (IVEPESP), apesar do período ser úmido, o risco de racionamento no primeiro semestre de 2021 não é descartado.

“Apesar de percebermos que as represas e reservatórios estão com um volu­me de água considerável, é adequado levarmos em consideração as medições feitas nos últimos anos. Não estão descartados cortes no abaste­cimento de água no período de seca, uma vez que os níveis dos reservatórios da Guarapiranga e da Cantareira são bem parecidos com os de março de 2013, um ano antes da pior crise hídrica dos últimos cem anos.”

Carvalho destacou que ou­tros agravantes batem à porta da população, sem ao menos que percebam. “A natureza não se regenerou e esse ano temos que fazer diferente. Não dá para eco­nomizar somente quando os níveis dos reservatórios estiverem ainda mais baixos. Temos que administrar essa quantidade do recurso hídrico agora e aproveitar enquanto ainda temos um ‘cheque especial’ de água. O sistema do planeta está interligado, desde o desmatamento na Amazônia até o crescimento populacional, o aquecimento global, a produção excessiva de lixo, etc. Tudo isso interfere nas más condições hídricas que enfrentaremos daqui para frente”, ressaltou.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*