Minha Cidade, Regional, Sua região

Municípios do ABC realizam Dia D de vacinação contra o sarampo

Municípios do ABC realizam Dia D de vacinação contra o sarampo
Imunização será direcionada a moradores da região com idade entre 5 a 19 anos; campanha segue até 13 de março. Foto: Ricardo Trida/PSA

Hoje (15) será realizado o “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo em todo o Brasil e tem como foco pessoas com idades entre 5 e 19 anos. As demais faixas etárias que não tiverem tomado as duas doses podem solicitar a atualização da caderneta de vacinação.

Com o conceito “Mais proteção para a sua família”, a campanha, que segue até 13 de março, visa sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, reforçando que o sarampo é uma doença grave e que pode matar.

No ABC, todos os municípios estarão com unidades de saúde abertas para aplicação das doses. É importante comparecer nas unidades de saúde e nos postos volantes com a carteirinha de vacinação, para que seja verificada a necessidade de aplicação da dose.

Em Ribeirão Pires todas as Unidades de Saúde da Família (USFs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) vão disponibilizar doses da vacina contra a doença, das 8h às 17h. Santo André contará com 31 locais para vacinação.
São Bernardo participará do Dia D com as 34 Unidades Básicas de Saúde e outros cinco postos volantes: Joanim (Taboão) – Avenida Taboão, 3830 – Ta­boão; Sonda (Baeta Neves) – Av. Pereira Barreto, 1500 – Baeta Neves; Coop (Joaquim Na­bu­co) – Rua Joaquim Nabuco, 277 – Centro; Poupatempo (8h às 12h) – R. Nicolau Filizola, 100 – Centro; Sociedade Amigos de Bairro do Jardim Pinheiros (8h às 12h) – Rua das Paineiras, 111b – Jardim Pinheiro.

“O sarampo é uma doença grave que pode deixar sequelas por toda a vida ou causar o óbito. A vacina é a única maneira de evitar a doença e está disponível nos nossos postos em horário amplo, no sábado e nos parceiros da iniciativa privada. Vacinar é um ato de amor, inclusive com o próximo”, alertou o secretário de Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple.

DIADEMA

As Unidades Básicas de Diadema estarão abertas, das 8h às 17h, para o Dia de Mobilização contra o Sarampo. A prefeitura também disponibilizará posto volante no Terminal Metropolitano de Diadema (Avenida Conceição, s/n – Parque das Jabuticabeiras), na região central, das 10h às 15h.

“A campanha ocorrerá em todo o território nacional como importante medida de prevenção para que as crianças não adoeçam. Essa é uma medida de proteção para todos”, destacou Maria Daniele Cavalcante Romera, coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Doenças (ECD) de Diadema.

Em São Caetano, estarão abertas, das 8h às 17h, as UBSs Nair Spina Benedicts (Rua Oswaldo Cruz, 1.153, Bairro Oswaldo Cruz); Ivanhoé Esposito (Rua Flórida, 295, Bairro Barcelona); Amélia R. Locatelli (Ala­meda João Galego, 01, Bairro Santa Maria); e Dolores Massei (Rua Senador Fláquer, 134, Bairro São José). Já a Carreta Saúde em Movimento ficará na Praça da Figueira (Bairro Nova Gerty), das 8h às 16h.

A prefeitura informou que durante a campanha contra o sarampo é aplicada, também, a dose de reforço contra a febre amarela para quem foi vacinado com uma dose antes dos 5 anos de idade.

 NÚMEROS DA DOENÇA

Em 2019, 9% (526) dos municípios registraram 18.203 casos confirmados e 15 óbitos por sarampo, sendo 14 no Estado de São Paulo e um em Pernambuco. Em relação aos casos, São Paulo também registrou o maior número de casos, 16.090 (88,4%), seguido dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará.

Atualmente, nove estados mantêm transmissão ativa do vírus do sarampo, sendo que, este ano, cinco estados já confirmaram casos: São Paulo (77), Rio de Janeiro (73), Paraná (27), Santa Catarina (22) e Pernambuco (3).
O Rio de Janeiro registrou a primeira morte por sarampo deste ano. Um bebê de oito meses foi a primeira vítima da doença no Estado desde o ano 2000. A criança morreu no dia 6 de janeiro, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, região que registra o maior número de casos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*