Mulher, Serviços

Mulheres na Tecnologia: elas dominam áreas em que os homens são maioria

Legenda: Vanilda Grando: sucesso da gestão no Brasil levou executiva a assumir toda a operação de negócios na América Latina Foto: DivulgaçãoA atuação das mulheres em tecnologia ainda é desigual, mas a pouca quantidade de profissionais é compensada pelos números promissores que elas têm trazido para o setor. A executiva Vanilda Grando, diretora de desenvolvimento de negócios da Kodak Alaris para a América Latina, em seu primeiro ano de atuação dobrou os indicadores de vendas da Kodak Alaris, líder na venda de scanners e softwares para digitalização corporativa no país.

As características femininas de Vanilda logo começaram a gerar reflexos para os negócios. A sensibilidade de não só vender, mas de entender as necessidades dos clientes, estar mais próxima das companhias e entender exclusivamente cada trâmite para enxergar como a digitalização poderia otimizar o processo, começou a fidelizar clientes e a ampliar a busca pelos serviços da Kodak Alaris.

Os resultados promissores logo renderam à executiva um convite desafiador. “Após um ano otimizando os processos de vendas do Brasil, recebi o convite para gerenciar toda a América Latina. Foi um convite desafiador, eu sabia que exigiria muito de mim no sentido de ficar mais tempo longe da minha família, mas recebi total apoio deles e sabia que poderia contribuir com a ascensão da marca de forma mais ampla, não hesitei em aceitar”, reforça a executiva.

Hoje Vanilda Grando é diretora de desenvolvimento de negócios em toda a América Latina. Por conta do seu perfil detalhista e visionário, que traz soluções assertivas para os negócios, ela é procurada pelas empresas para entender seus processos e prestar uma espécie de consultoria para a transformação digital.

Para a executiva, a participação feminina no setor de tecnologia ainda está em ascensão, mas o perfil detalhista da mulher, a sensibilidade feminina que permite uma flexibilidade maior nas negociações e a habilidade de enxergar processos com uma visão macro, são as principais características que estão fazendo com que ELAS movimentem os números de crescimento do setor.

Para as mulheres que desejam entrar para este mercado, Vanilda Grando aconselha: “Não se intimidem pela participação masculina ser maior. As características femininas em um ramo técnico é a combinação perfeita para o sucesso. Vale muito a pena e há diversas oportunidades promissoras, claro que independente do gênero, a determinação e muitas horas investidas no negócio, são fundamentais. Agregar habilidades de vendas neste segmento é um diferencial”, conclui a executiva.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*