Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Morando vai lançar programa para zerar cirurgias este mês

Segundo Morando, serão realizados todos os tipos de cirurgia, desde a baixa até alta complexidade. Foto: Omar Matsumoto/PMSBCA Prefeitura de São Bernardo vai lançar, no final de agosto, o programa “Saúde Prioridade Cirurgia”. O anúncio foi feito pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) durante evento realizado na tarde de ontem na Faculdade de Direito de São Bernardo (FSBC) para recepcionar novos profissionais da área de saúde.

O programa é continuação do “Saúde Prioridade Zero”, que eliminou a fila de espera de consultas e exames que contava com cerca de 70 mil pessoas. “Estamos acabando de ter o diagnóstico de tudo que passou na rede e o que foi acumulado de cirurgia”, explicou o prefeito. “Tendo isso vamos lançar a campanha da mesma forma, com prazo para atendimento, da mesma forma que nós fizemos estipulando um prazo de 120 dias para exames e consultas e fizemos em um prazo menor. Queremos o mesmo com o Saúde Prioridade Cirurgia”, destacou.

Segundo o chefe do Executivo, serão realizados todos os tipos de cirurgia, desde a baixa até alta complexidade. “Claro que as mais complexas têm um tempo de permanência maior no equipamento de saúde. Porém, por exemplo, um caso de pedra no rim, que é baixa complexidade, vai ser mais rápido. A determinação é atender todos os tipos”, pontuou. “Se a gente conseguir no primeiro ano exame, especialista e cirurgia para todo mundo, acho que a gente conseguiu melhorar muito a saúde”, concluiu.

Morando destacou, também, que entre as metas mais urgentes para a saúde, além de zerar as filas de espera por consultas, exames e cirurgias, está a construção de dois pronto-socorros com atendimento 24 horas, um no bairro Taboão e outro no Jardim Silvina. “Não ficarão prontos neste ano , mas serão entregues dentro deste mandato”, explicou. “Tem dois CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial) em construção, que herdamos inacabados, estão em fase de conclusão, e sem dúvida nenhuma, se a gente conseguir potencializar e fazer com que o Hospital de Clínicas possa atender em 100% da sua capacidade, esses são os grandes investimentos que teremos na saúde e vai ser feito conforme o orçamento permitir”, afirmou.

Novos profissionais

O evento realizado no anfiteatro da Faculdade de Direito de São Bernardo (FDSBC) foi uma integração para profissionais da rede – médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde. Alguns dos contratados estão na rede desde o início do mandato e outros chegaram recentemente. Ao todo são 707 novos funcionários, sendo 240 médicos.

“Tínhamos uma dívida com esses profissionais, que chegaram e não tiveram esse momento de integração”, afirmou o secretário de Saúde, Geraldo Reple. “Apesar das dívidas e da dificuldade financeira que a prefeitura passa, esse governo está investindo e contratando”, destacou. Morando afirmou que São Bernardo tem o maior número de médicos proporcionalmente à quantidade de habitantes do ABC e até de São Paulo. “Nosso compromisso de campanha era contratar 300 novos médicos. Se imaginar que a gente conseguiu isso em oito meses e todo planejamento é em quatro anos, acho que já avançamos bem”, completou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*