Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Morando completa seis meses de gestão com avanços para a cidade

Morando: “com a situação financeira caótica, buscamos organizar o máximo possível as contas”. Foto: Ricardo Cassin/PMSBCO prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), concluiu, no último sábado (1º), seis meses de trabalho à frente do Executivo com importantes conquistas ao município. Ao longo de um primeiro semestre, o governo implementou novas leis e programas, além de ações de austeridade fiscal, que minimizaram os graves problemas financeiros deixados pelo seu antecessor, Luiz Marinho (PT), como o rombo financeiro de R$ 200 milhões, em restos a pagar.

A partir do 1º dia de trabalho, a gestão de Morando implementou redutores na economia, como corte dos carros oficias e celulares corporativos, aliado ao contingenciamento de 40% do orçamento e congelamento de 30% dos cargos comissionados. Esse plano, somado a outros fatores, garantiram economia de mais de R$ 1 milhão por dia, que resultou em contenção de R$ 102 milhões nos cem primeiros dias.

“Com uma situação financeira caótica, buscamos organizar o máximo possível as contas, identificando, renegociando. O que fizemos foi respeitar o dinheiro público”, enfatizou Morando.

Mesmo com cenário adverso, a gestão imprimiu ritmo acelerado de novos programas nas mais diversas áreas. Na Saúde, o principal foi o “Saúde Prioridade”, parceria com a rede privada, que eliminou a espera de 70 mil exames e consultas no município, em 120 dias. Na Educação foi instituído o “Educar Mais”, inserção, de maneira inédita na cidade, de tempo integral nas escolas. Na primeira etapa, o programa atingiu 1.231 crianças.

Outros setores também se destacaram como a segurança, com o “Noite Tranquila”, ação contra os chamados “Pancadões” e que já abordou mais de 5.000 pessoas e efetuou inúmeras ocorrências. Outra ênfase foi a implementação dos sistemas de GPS nas rondas da GCM (Guarda Civil Municipal) e câmeras de vídeo monitoramento de segurança.

“Não podíamos de buscar ações para tirar a cidade da letargia. Cada área tem seu desafio. O que fizemos foi trabalhar com honestidade e tornar efetivo um trabalho voltado para defender os interesses de São Bernardo”, complementou.

balanço

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*