Economia, Notícias

Montadoras veem alta de até 13% nas vendas de veículos no próximo ano

Montadoras veem alta de até 13% nas vendas de veículos no próximo ano
Megale: “Expectativa é de mais um ano positivo”. Foto: Alf Ribeiro/Folhapress

A esperada aceleração do Produto Interno Bruto (PIB) e a necessidade de renovação de frota farão com que as vendas de veículos continuem crescendo no ano que vem. Enquanto 2018 caminha para terminar com alta de 15%, o crescimento do próximo ano, segundo as montadoras, deve ficar entre 8% e 13%.

A projeção da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) é de que a economia cres­ça de 2,5% a 3% em 2019.

“Se, com um crescimento de 1,3% em 2018, vamos fechar o ano com alta nas vendas, a expectativa é de mais um ano positivo (em 2019)”, afirmou o presidente da Anfavea, Antonio Megale.

Em relação à renovação de frota, o executivo lembra que, em 2012, o mercado brasileiro de veículos chegou ao recorde de 3,8 milhões de unidades. Como boa parte dos carros que circulam atualmente são dessa época, a Anfavea aposta na “demanda para reposição”.

A recuperação, porém, ainda não é suficiente para rever­ter a ociosidade, atualmente de 40%. Isso significa que há sobra de capacidade de produção de 2 milhões de veículos por ano nas fábricas do país.

A capacidade produtiva bra­sileira está em 5 milhões de unidades anuais desde 2014.

Essa ociosidade é cara para as montadoras porque edifícios e equipamentos parados ou subutilizados precisam de manutenção. Ao mesmo tempo em que precisa lidar com ativos ociosos, a indústria vive revo­lução com a chegada de carros elétricos e autônomos, a digitalização das fábricas e revendas virtuais – processos que exigem elevados investimentos.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*