Economia, Notícias

Montadoras começam a retomar produção de veículos na segunda-feira, diz Anfavea

Montadoras começam a retomar produção de veículos na segunda-feira, diz Anfavea
Fábricas como a da Mercedes-Benz estão paradas desde o dia 25. Foto: Arquivo

As montadoras de veículos devem começar a retomar a produção na próxima segunda-feira (4), após o setor ficar parado desde o dia 25 deste mês devido à greve dos caminhoneiros, informou ontem a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Toda a produção de carros no país está suspensa. “A maioria das empresas retomará a produção de veículos, de maneira gradual, a partir de segunda-feira”, afirmou a entidade em comunicado.

Segundo o presidente da entidade, Antonio Megale, a paralisação dos caminhoneiros deve causar queda nas exportações de veículos da ordem de 10 mil a 20 mil unidades em maio e comprometer a meta de exportação de 800 mil veículos para o ano.

Ainda segundo o dirigente, os números de produção e vendas serão “inevitavelmente impactados” pela greve.

Em abril, segundo a Anfavea, foram fabricados 266,1 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no país. As vendas, por sua vez, somaram 217,3 mil unidades.

Dependência

O setor automotivo – que representa 4% do Produto Interno Bruto (PIB) e 20% da indústria – é extremamente dependente do transporte por caminhões não só para o recebimento de peças para as linhas de montagem, como também para o desembaraço de carros prontos para as concessionárias e exportação.

Estima-se que, durante a greve de caminhoneiros, houve perda diária de R$ 250 milhões em impostos gerados pela indústria automotiva.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*