Esportes, Futebol

Monaco surpreende, elimina City e impõe marca negativa a Guardiola

Bakayoko anotou o gol decisivo do Monaco. Foto: Divulgação/UefaO Monaco neutralizou o Manchester City ontem (15), no principado, venceu por 3 a 1 e assegurou classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões. Derrotado por 5 a 3 na ida, na Inglaterra, o time anfitrião conseguiu placar necessário para reverter a desvantagem e avançou devido à regra do gol qualificado.

Mbappé, o “novo Henry”, abriu a contagem para o time da casa logo aos 7 minutos e, ainda no primeiro tempo, o brasileiro Fabinho ampliou. Sané descontou para o City na segunda etapa, mas Bakayoko assumiu papel de herói improvável e, de cabeça, anotou o tento decisivo do jogo.

A derrota impõe a Pep Guardiola sua pior campanha na Liga dos Campeões. Em oito participações, foi a primeira vez que o treinador caiu antes da semifinal – além disso, o City adiou mais uma vez o sonho da conquista inédita do título de clubes europeu.

Para o gasto

Precisando reverter enorme desvantagem, o Bayer Leverkusen não conseguiu superar o Atlético de Madri por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Ontem, o time alemão viu suas poucas oportunidades de gol pararem em defesas do goleiro Oblak e acabou eliminado com o resultado de 0 a 0 – a primeira partida, disputada na Alemanha, terminou em 4 a 2 para os espanhóis.

A classificação põe o Atlético de Madrid pela quarta vez consecutiva nas quartas de final da Liga dos Campeões. Os confrontos da próxima fase serão conhecidos por meio de sorteio hoje, na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça.

Além dos espanhois e do Monaco, Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Juventus e Leicester estão classificados para as quartas de final, que serão realizadas nos dias 11, 12, 18 e 19 de abril.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*