Esportes, Futebol, Libertadores

Mina faz nos acréscimos e salva Palmeiras de vexame

Mina dança para comemorar seu gol no Allianz Parque. Foto:  Bruno Ulivieri/Raw Image/FolhapressNem Borja, nem Du­du. O gol da vitória palmeirense de ontem (15) sobre o Jorge Wistermann, da Bolívia, saiu dos pés do zagueiro Yerry Mina e não de um dos atacantes da equipe.

Aos 50 minutos do segundo tempo, o colombiano recebeu cruzamento ras­teiro de Róger Guedes e empurrou para o gol aberto. O triunfo por 1 a 0, dentro de casa, é o primeiro da equipe alviverde nesta edição da Copa Libertadores.

O gol coroou a partida praticamente impecável do zagueiro colombiano. No entanto, muitos torcedores que foram ao Allianz Parque não viram o gol do triunfo.

A partida se encaminhava para um empate, que para muitos tinha o sabor de derrota. Diante do cenário desolador, alguns deixaram o estádio palmeirense antes do fim da partida.

No primeiro tempo no Allianz Parque, o Palmeiras parou na forte marcação do Jorge Wistermann.

Contra duas linhas defensivas bem posicionadas, a equipe alviverde não conseguiu infiltrações e teve poucas chances de gol. No lance mais perigoso, aos 37 minutos, Miguel Borja recebeu cruzamento de Michel Bastos e finalizou de cabeça, mas não marcou.

Segundo tempo

Na etapa final, a história se repetiu. A entrada de Keno no lugar de Michel Bastos deu mais movimentação ao ataque alviverde, mas a forte marcação do time boliviano persistiu.

O atacante Willian entrou no lugar do volante Tchê Tchê, e a equipe foi para o tudo ou nada.

Para não dar vexame em sua estreia em casa na competição, Eduardo Baptista terminou o confronto com cinco atacantes em campo.

Com seis minutos de acréscimos, o Palmeiras soube aproveitar o tempo e no último minuto garantiu o resultado positivo.

A equipe alviverde volta a campo pela Libertadores no dia 12 de abril, quando recebe o Peñarol, novamente no Allianz Parque. O Palmeiras lidera o Grupo 5 com quatro pontos e é acompanhado pelo Jorge Wistermann, que soma três, ambos com dois jogos realizados.

PALMEIRAS 1 X 0 JORGE WILSTERMANN-BOL

Gol: Mina, aos 50 minutos do 2º tempo. Árbitro: Eduardo Gamboa (CHI). Renda: R$ 2.565.095 (38.419 torcedores). Estádio: Allianz Parque, em São Paulo, ontem.

PALMEIRAS

Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Michel Bastos (Keno), Tchê Tchê (Willian), Guerra (Róger Guedes) e Dudu; Borja. Técnico: Eduardo Baptista.

JORGE WILSTERMANN-BOL

Olivares; Aponte, Zenteno (Enrique Diaz), Ortiz, Alex Silva e Omar Morales;  Machado, Saucedo e Thomaz; Bergese (Rudy Cardozo) e Cabezas (Olego). Técnico: Roberto Mosquera.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*