Diadema, Política-ABC, Sua região

Michels nomeia novos secretários

Michels deu continuidade à reforma de seu primeiro escalão. Foto: Eberly LaurindoApós conseguir vitória no último dia 1º e emplacar o vereador Marcos Michels (PSB) na presidência da Câmara de Diadema depois de “muito diálogo” com a base aliada, as nomeações de novos secretários feitas pelo prefeito Lauro Michels (PV) esta semana, publicadas no Diário Oficial do município, mostram que as negociações continuam, pois contemplam a coligação formada pelos partidos PPS, DEM e PEN, que causaram certa dor de cabeça ao verde, quando da eleição para o comando do Legislativo.

O presidente municipal do PEN, Paulo Henrique Ferreira, o Paulinho Correria, ficará à frente da pasta de Cultura, e Sérgio Luiz Lucchini continuará no comando de Gestão de Pessoas.  José Carlos Gonçalves, presidente do PPS municipal, que foi visto no núcleo duro do governo como o articulador da crise com a base aliada, continua à frente da Secretaria de Transportes.

As nomeações também contemplaram ex-vereadores: Atevaldo Leitão (PSDB) assume Segurança Alimentar e Manoel José da Silva, o Adelson (PSB), Esportes e Lazer.  Laércio Soares (PCdoB) comandará a pasta de  Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

Para a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, que era ocupada interinamente por Regina Gonçalves, que está no comando da Habitação, Michels nomeou a primeira-dama, Caroline Rocha. Cacá Viana, que era assessor especial de gabinete, assume como diretor-presidente da Fundação Florestan Fernandes.

Michels também contemplou entre as nomeações que fez esta semana um grande aliado na Câmara na gestão passada: o ex-presidente do Legislativo José Dourado (PSDB), que não conseguiu se reeleger.

O tucano, que sempre teve bom relacionamento tanto com os governistas quanto com a oposição, foi articulador para aprovação de vários projetos enviados pelo Executivo. Dourado foi nomeado assessor especial de gabinete.

Outro ex-vereador contemplado com assessoria especial de gabinete é Lúcio Araújo (PV), que ficou como segundo suplente nas últimas eleições.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*