Diadema, Política-ABC, Sua região

Michels abre 26 pontos sobre Vaguinho

Segundo pesquisa Ibope, Lauro Michels soma 51% das intenções de voto, enquanto Wagner Feitoza tem 30%. Fotos: Eberly Laurindo

O prefeito Lauro Michels (PV) largou na frente no segundo turno da eleição para o Paço de Diadema. É o que mostra a pesquisa Ibope/Diário Regional. Segundo o levantamento, o verde – que concorre à reeleição – soma 51% das intenções de voto, enquanto o vereador Wagner Feitoza, o Vaguinho (PRB), tem 30%. Entrevistados que pretendem votar em branco ou anular seu voto representaram 16%. Outros 3% não souberam responder ou não responderam.

Considerando apenas os votos válidos, Michels tem 63% e Vaguinho, 37%. A pesquisa ouviu 602 eleitores de 18 a 20 de outubro, tem margem de erro de quatro pontos porcentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob número SP-07381/2016. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo ABCD de Jornais Ltda.

Na pesquisa espontânea, em que o entrevistador não apresenta os nomes dos candidatos, Michels obteve 44% das intenções de voto e Vaguinho, 22%. A oito dias do segundo turno, 80% afirmaram que sua intenção de voto é definitiva, enquanto 17% disseram que podem mudá-la. A certeza é maior entre os homens (82%) do que entre as mulheres (78%).

Considerando apenas os votos válidos, Michels colhe os melhores resultados entre os homens, vencendo Vaguinho por 64% a 36%. Entre as mulheres, a vantagem é de 62% a 38%. O prefeito vence em todas as faixas etárias, mas abre maior vantagem sobre Vaguinho no extrato acima de 55 anos, superando o republicano-brasileiro por 66% a 34%. A menor distância ocorre na faixa entre 25 a 34 anos (61% a 39%).

Michels também leva a melhor em todos os níveis de escolaridade, mas sua vantagem é maior entre os eleitores com formação superior (70% a 30%), enquanto Vaguinho diminui a distância entre os entrevistados com até a quarta série do ensino fundamental (60% a 40%). A intenção de voto muda pouco no corte por renda familiar: o verde tem entre 63% e 64% nos quatro extratos, enquanto Vaguinho soma entre 37% e 36%.

Primeiro turno

No primeiro turno das eleições em Diadema, no dia 2, o verde recebeu 48,1% dos votos válidos (93.772), enquanto o republicano-brasileiro obteve 21,85% (42.596). Os dois foram seguidos por Maninho (PT), com 16,37%; Taka Yamauchi (PSD), com 12,06%; Cruz (PSOL), com 0,51%; Virgílio (Rede), com 0,43%; Russo (PMN), com 0,35%, Ivanci (PSTU), com 0,28%; e Van­dival (PCO), com 0,05%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*