Economia, Notícias

Metalúrgicos do ABC rejeitam proposta e entregam aviso de greve

Metalúrgicos do ABC rejeitam proposta e entregam aviso de greve
Assembleia aprovou entrega de aviso de greve às bancadas patronais. Foto: Adonis Guerra/SMABC

Em assembleia realizada na última quarta-feira (3), os me­talúrgicos do ABC rejeitaram a proposta patronal de reajuste que previa reposição salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 3,64%, e autorizaram a entrega de aviso de greve para todos os grupos em negociação.

A categoria reivindica aumento real e manutenção das cláusulas sociais das convenções coletivas, o que não estava incluído na proposta.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a bancada patronal quer rever quase metade das cláusulas das convenções – entre as quais, figuram a extensão da licença-maternidade para seis meses, a garantia de pagamento até o dia 5, o complemento salarial garantido por 120 dias ao trabalhador que se afasta pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por mais de 15 dias.

Na avaliação do presidente do sindicato, Wagner Santana, o comportamento dos grupos patronais na mesa de negociação reflete o ambiente criado após a provação da reforma Trabalhista.

“Agora respaldados pela reforma, eles querem retirar das convenções coletivas direitos assegurados há anos, depois de muita luta. Esse é o resultado prático da reforma: a arrogância dos patrões na mesa de negociação. Nosso posicionamento é pelo aumento real e pela manutenção das cláusulas sociais, que são extremamente importantes”, afirmou.

A entidade é representada na mesa de negociação pela Fe­deração dos Sindicatos de Me­talúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (FEM-CUT), que negocia em nome de 194 mil metalúrgicos em 14 sindicatos filiados à CUT no Estado de São Paulo. Destes, 162 mil estão em campanha salarial desde julho, com data-base em setembro. A entidade negocia com seis bancadas patronais.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*