Economia, Notícias

Metalúrgicos do ABC entregam Kombi a padre Julio Lancellotti

Metalúrgicos do ABC entregam Kombi a padre Julio Lancellotti
Lancelotti recebe Kombi comprada com dinheiro da vaquinha. Foto: Ari Paleta/SMABC

Com a queda nas temperaturas no Estado de São Paulo, o Sindicato dos Meta­lúrgicos do ABC decidiu focar as ações de solidariedade, que tem realizado desde o início da pandemia de covid-19, na população em situação de rua, que não tem condições de se proteger e que mais sofre com o frio intenso. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), há previsão de temperaturas negativas e até possibilidade de geada na região metropolitana nos próximos dias.

Nesta semana, a entidade lançou a campanha “Aqueça companheir@s”, voltada a ar­re­cadar cobertores e agasa­lhos em bom estado. As doações podem ser entregues na sede do sindicato, em São Bernardo; nas regionais de Diadema e Ribeirão Pires e nos Comitês Sindicais (CSEs) das fábricas.

Outra iniciativa foi a en­tre­ga ao Padre Júlio Lancellotti, reco­nhecido por sua de­dicação ao atendimento da população em situação de rua na Capital, de VW Kombi seminova, comprada por meio de vaquinha virtual.

O veículo que era usado pela Casa de Oração, comandada pelo pároco, não estava em boas condições. Sabendo disso, o sindicato lançou a vaquinha e conseguiu arrecadar R$ 30.653,86. As doações vie­ram de trabalhadores da cate­goria, sindicatos, políticos, anô­nimos e instituições como o Grupo Prerrogativas, que reúne advogados que defendem a democracia com justiça social. Com o veículo será possível fazer a distribui­ção de marmitas, cobertores e a retirada de doações. Segundo o religioso, o veículo antigo irá para manutenção e o novo entra em ação imediatamente.

O secretário-geral do Sindicato, Moisés Selerges, relata que, em uma das visitas feitas ao padre, notou que a Kombi estava muito velha. “O padre Julio faz trabalho muito bonito com as pessoas em si­tuação de rua de São Paulo. En­­tão resolvemos organizar uma va­­quinha virtual para com­­­prar uma em melhores condi­ções. Foi um sucesso”, comomorou.

O dirigente ressaltou a importância da doação, mas também a tristeza pelo que boa parte da população brasileira vem passando. “De um lado, ficamos felizes com a entrega do equipamento novo para que o padre possa realizar o trabalho dele, mas de outro lado vem a tristeza porque isso não era para acontecer em nosso país. muita gente mora na rua, passa fome, está desempregada.”

Um dos organizadores da campanha do agasalho do sindicato, o diretor executivo Carlos Caramelo pede a participação de todos que puderem, para que seja possível atender o maior número de pessoas. “Devido à ausência de políticas públicas, mais uma vez, nós nos solidarizamos com a população em situação de rua e com famílias pobres que viram seu poder de compra diminuir na pandemia. Precisamos ser empáticos e ajudar para que possam passar por essa onda de frio com um pouco de conforto.”

Também nesta semana estão sendo entregues a entidades assistenciais da região as doações arrecadadas com o drive-thru realizado no sábado, no estacionamento da planta Anchieta da Volkswagen. A ação, promovida pelo sindicato em parceria com o Fusca Club ABC, arrecadou 4,5 toneladas de alimentos. Ao todo 1.006 carros, 14 motos e duas bicicletas passaram pelo local, deixando suas contribuições. Além da doação de alimentos, houve doações de cobertores, agasalhos e livros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*