Esportes, Futebol

Messi faz três, e Argentina goleia Haiti na Bombonera

Se havia alguma desconfiança a respeito de Lionel Messi na Bombonera, ela se dissipou na noite de ontem (29). Na goleada por 4 a 0 da Argentina sobre o Haiti, o craque fez três gols, deu assistência para Aguero marcar o quarto e liderou a festa no estádio do Boca Juniors.

A seleção argentina está no Grupo D da Copa do Mundo e fará sua estreia na Rússia no dia 16 de junho, contra a Islândia, em Moscou. As outras duas adversárias são Croácia e Nigéria.

Não é surpreendente dizer que um jogador como Lionel Messi decidiu uma partida. Na Bombonera, onde já foi tão questionado, o camisa 10 brilhou com três gols e uma assistência. Quando Lo Celso levou um chute de Adé na coxa direita aos 15 minutos do primeiro tempo e caiu dentro da área, a torcida argentina já se levantou ciente do que viria a seguir: cobrança bem executada e gol de Messi.

O domínio argentino era tão expressivo que, quando o segundo gol saiu, o Haiti já não encostava na bola havia quase cinco minutos. Assim, aos 13 do segundo tempo, Messi pegou o rebote de Lo Celso e ampliou o placar.

O terceiro gol foi relativamente mais fácil, graças a Cristian Pavón. O jogador driblou os haitianos pela esquerda, invadiu a área e cruzou para Messi, que se viu livre diante de Placide. Com o gol aberto a sua frente, o craque não teve trabalho para concluir, aos 21 minutos.

Aguero

Veio, então, o momento de Aguero. O atacante virou dor de cabeça para o técnico Jorge Sampaoli em abril, quando teve de passar por uma artroscopia no joelho. A previsão de um mês de recuperação se cumpriu, e Aguero entrou em campo aos 15 minutos do segundo tempo, no lugar de Higuain, logo após o segundo gol de Messi.

Foi do camisa 10 que o atacante do Manchester City recebeu bela assistência aos 24 minutos para marcar o quarto gol e definir o placar do jogo de despedida da seleção argentina de seu país.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*