Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Mês da Consciência Negra em São Bernardo terá Festival de Arte Preta com show de Péricles

Para ampliar as ações de combate ao racismo, Morando fez o lançamento de cartilha para promover uma educação antirracista no município

Evento faz parte das ações promovidas pela Prefeitura para o combate ao racismo e valorização da cultura preta. Foto: PMSBC
Evento faz parte das ações promovidas pela Prefeitura para o combate ao racismo e valorização da cultura preta. Foto: PMSBC

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, anunciou nesta segunda-feira (13/11), em coletiva de imprensa, a programação do Festival de Arte Preta que, entre os dias 18 e 20 de novembro, vai reunir exposições, mostra de grafite, palestras, prática esportiva e shows visando a celebração do Dia Nacional da Consciência Negra. O destaque do festival será a apresentação musical do cantor Péricles, que sobe ao palco do Paço Municipal na próxima segunda-feira (20/11), às 19h.

A programação da iniciativa vai abranger, além do Paço, apresentações no Parque da Juventude Cidade Maróstica e na Fábrica de Cultura 4.0. O calendário completo do Festival de Arte Preta pode ser conferido no site da Prefeitura, por meio do link: https://www.saobernardo.sp.gov.br/documents/10181/1784397/SBC_FAP_Cartaz_Programacao_Geral_FINAL.pdf/6486382a-aebd-2d3d-8ad2-beb6051aa8e7

De acordo com Morando, a ação vai ao encontro das políticas públicas adotadas por São Bernardo para o combate ao racismo. “Estou feliz em poder anunciar uma programação de debates, exposições e de reflexão sobre um tema tão importante: o combate ao racismo. Precisamos discutir o tema, porque a sociedade brasileira ainda insiste em práticas racistas. Aqui em São Bernardo, temos ações práticas de combate a esse mau. Serão três dias de reflexão e, para encerrar, teremos a apresentação de um dos maiores artistas negros do País, o cantor Péricles”, afirmou.

Para garantir a segurança dos presentes, na segunda-feira, haverá revista feminina e masculina na entrada do evento por parte da Guarda Civil Municipal (GCM), além do monitoramento por parte dos agentes de segurança dentro e no entorno da Esplanada do Paço. Além disso, o Festival de Arte Preta terá monitoramento aéreo com os drones entregues pela administração no final de outubro.

Além do festival, durante todo o mês de novembro, haverá programação especial voltada ao tema, conforme explicou o secretário de Cultura e Juventude da cidade, Fran Silva. “O evento da Consciência Negra vai além dos shows na Esplanada do Paço, teremos debates sobre o tema, é um momento de reflexão e agradeço à administração municipal por colocar no centro da discussão esse tema primordial em nossa sociedade”.

EDUCAÇÃO ANTIRRACISTA

Para ampliar as ações de combate ao racismo, o chefe do Executivo também fez o lançamento de cartilha para promover uma educação antirracista no município. O material é mais um instrumento para auxiliar no processo de discussão permanente das questões étnico-raciais, sociais e culturais. Criada pela Secretaria de Educação, a cartilha aborda legislações, projetos da Educação em relação ao tema, pesquisas e opções para mudanças no vocabulário a fim de evitar expressões racistas no dia a dia.

“A educação é o melhor caminho para o combate ao racismo. Por isso, entregaremos uma cartilha para todos os alunos da nossa rede municipal de ensino. Quando você ensina uma criança, ela aprende desde cedo o que é racismo e como enfrentá-lo no ambiente escolar e em outros ambientes. Este material é um manual de boas práticas, tenho certeza que iremos formar pessoas que vão crescer sem preconceito e sem nenhum tipo de discriminação”.

CORRIDA E CAMINHADA PELA IGUALDADE RACIAL

São Bernardo, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, promove no dia 19 (domingo), a 1ª corrida (6km) e caminhada (3km) pela igualdade racial. A ação se dá em parceria com a OAB de São Bernardo. O percurso tem largada da sede da subsecção da entidade (Rua 23 de maio, 215, bairro Anchieta, ao lado do Fórum), com trajeto pelo Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib e pelo campus da UFABC de São Bernardo. A concentração ocorre a partir das 7h, com saída às 8h, em pelotão único e geral, masculino e feminino. As inscrições estão encerradas e a estimativa é que mais de mil pessoas participem.

AÇÕES PERMANENTES 

São Bernardo foi a primeira cidade da Região Metropolitana a aderir ao projeto cidades antirracistas junto ao Ministério Público. Dentro desta proposta, foi criado o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, formado por integrantes de órgãos públicos e sociedade civil. Além disso, foi sancionada Lei Municipal que reserva 25% das vagas oferecidas nos concursos públicos da cidade aos negros.

Desde o dia 30 de junho, vigora na cidade a Lei de punição administrativa a atos de discriminação ou preconceito por conta da raça, cor e etnia dentro dos equipamentos esportivos. os infratores podem ser punidos com multas de R$ 5.000 até R$ 15.000. os recursos arrecadados são revertidos ao fundo de apoio ao esporte para execução de ações educativas de enfrentamento ao racismo em equipamentos esportivos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*