Economia, Notícias

Mercedes-Benz estende férias coletivas para até 2 de maio

Mercedes-Benz estende férias coletivas de seus funcionários para até 2 de maio
Mercedes-Benz vai iniciar negociação com os sindicatos a fim de definir alternativas de gestão de mão de obra. Foto: Arquivo

A Mercedes-Benz anunciou, ontem (3), o adiamento do retorno ao trabalho de seus funcionários, que foram afastados das atividades de­vido à pandemia de corona­vírus.

A montadora colocou os colaboradores – tanto os da produção como os administrativos – em férias coletivas no último dia 23. A medida valeria até 19 de abril, mas foi estendida até 2 de maio.

“Está previsto o retorno das atividades para 4 de maio, a depender da situação do país”, informou a Mercedes-Benz em nota.

A montadora destacou que o atual cenário traz grande preocupação com os colaboradores e com a saúde financeira da empresa. “Nesse contexto, vamos iniciar processo de negociação com os sindicatos a fim de definir alternativas de gestão de mão de obra que possibilitem ajus­tar nossos atuais custos e volumes de produção à atual realidade”, informou a Mercedes-Benz.

Além de São Bernardo, a montadora tem fábricas em Ira­cemápolis, no Interior pau­lis­­ta, e em Juiz de Fora (MG).

TOYOTA

Na última quarta-feira, a Toyota também adiou o retorno à produção em suas fábricas no Brasil. A suspensão da produção, que começou no dia 24 de mar­ço e valeria até se­gunda-feira, agora seguirá até o dia 22. A empresa tem quatro unidades fabris no Estado de São Paulo, em São Bernardo, Indaiatuba, Sorocaba e Por­to Feliz.

Print Friendly, PDF & Email

2 Comentários

  1. Eleni dos Santos

    Juntos e com muito trabalho, vamos passar também por essa crise

  2. O mais importante agora é salvar vidas.

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*