Economia, Notícias

Mercado reage com euforia ao resultado das eleições municipais

O fortalecimento dos partidos da base aliada do presidente Michel Temer (PMDB) e o enfraquecimento do PT nas eleições municipais foram recebidos com entusiasmo pelo mercado financeiro.

O real teve a maior valorização ante o dólar entre as principais moedas ontem (3), alcançando o patamar de R$ 3,20. O Ibovespa subiu 1,87%, descolando-se da Bolsa de Nova York, que recuou durante toda a sessão.

A interpretação do mercado é que a rejeição dos eleitores ao PT mostra a investidores estrangeiros que é equivocada a visão de que o impeachment de Dilma Rousseff foi um golpe.

Analistas econômicos também concluíram que o recado das urnas é que as reformas propostas pelo governo federal, como a adoção do teto para o aumento dos gastos públicos e mudanças na Previdência, são chanceladas pela maioria da população.

André Perfeito, economista-chefe da Gradual Investimentos, disse que a inesperada vitória do tucano João Doria no primeiro turno em São Paulo “passa forte mensagem a Brasília de que as reformas têm sinal verde da principal capital do país”.

Cientistas políticos relativizam essa leitura, ressaltando que a natureza da campanha municipal difere muito da essência das eleições para o Congresso, que só será renovado em 2018 e de quem o governo depende para que sua agenda seja aprovada.

“Embora a eleição tenha sido um sinal horrível para o PT e bom para os partidos aliados, não muda o balanço de forças no Congresso”, disse João Augusto de Castro Neves, da consultoria Eurasia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*