Esportes, Futebol

Meia Michel Bastos interrompe contrato e deixa o São Paulo

Dirigentes do São Paulo se reuniram com representantes de Michel Bastos e acertaram a rescisão do contrato do jogador. O compromisso tinha término previsto para dezembro de 2017, mas foi encerrado porque já não havia clima para a permanência do meio-campista.

O atleta havia caído em desgraça com boa parte da torcida. Chegou a ser agredido em uma invasão ao CT e decidiu que não gostaria de seguir vestindo a camisa vermelha, preta e branca.

A rescisão foi feita sem que qualquer pagamento fosse necessário. Nenhuma das partes será responsável por indenizar a outra pela interrupção do contrato, solução considerada boa por todos.

O São Paulo deixa de pagar um dos maiores salários do elenco, o que liberará espaço para a chegada de Cícero. Michel Bastos fica livre para assinar com qualquer clube.

Segundo o empresário do atleta, Emmanuel de Kerchove, um dos interessados é o Palmeiras. O agente diz também que seu cliente tem mercado na França, onde defendeu o Lyon.

Seja qual for o destino, o gaúcho encerra em baixa uma passagem pelo São Paulo que começou muito bem. Entre o segundo semestre de 2014 e o primeiro de 2015, Bastos teve bom desempenho e ganhou contrato mais longo.

A partir do segundo semestre de 2015, o rendimento caiu e começaram os problemas com a torcida. A situação piorou a ponto de um protesto ter um torcedor caracterizado como “Migué Bastos”, fazendo o papel de jogador alcoolizado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*