Mauá, Política-ABC, Sua região

Mauá terá 4 Prontos Atendimentos Infantis até 2019

Atila: “a saúde na cidade deve ter um salto de qualidade”. Foto: Roberto Mourão/PMMO prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), afirmou em entrevista ao Diário Regional que vai implementar nas quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do município unidade infantis (PAI). Na UPA Zaíra, que foi inaugurada em março, já funciona o Pronto Atendimento Infantil, que tem capacidade para procedimentos de baixa, média e alta complexidade. “Temos agora as quatro UPAs funcionando simultaneamente na cidade e cada uma delas também terá um PAI”, destacou o prefeito.

A próxima unidade a receber o pronto atendimento infantil é a da Vila Assis, ainda este ano. Em 2018 será inaugurada a terceira e em 2019 a quarta e última. As equipes do governo avaliam se haverá necessidade de reformas e adaptações. Além do PAI, todas as UPAs também vão contar com farmácias que funcionam durante as 24 horas do dia. Atila também destacou que com a conclusão da reforma do Hospital Nardini, ainda este ano, e do pronto socorro da Santa Casa, a saúde na cidade deve ter um salto de qualidade.

Poupatempo

A prefeitura também prepara para tirar do papel projeto que vai modernizar o atendimento na saúde. Batizado de Poupatempo da Saúde, a iniciativa reúne série de medidas, desde a entrega de medicamentos em casa para pacientes acamados ou em estado grave; passando pela contratação de dois consultórios odontológicos móveis – que vão atender as crianças da rede municipal durante a semana e fazer plantões nos bairros aos finais de semana – até a informatização de todo o sistema, incluindo dispensação de medicamentos e os prontuários dos pacientes.

“Isso vai nos ajudar a economizar, porque poderemos controlar quais medicamentos o paciente retira. Também vai acabar com o prontuário de papel. Será a unificação do sistema, a globalização do serviço”, afirmou o chefe do Executivo. O programa inclui ainda a criação do Cartão Saúde Mauá, cujo cadastro será feito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e deve ter início no ano que vem e conclusão até o final do primeiro semestre de 2019.

Mamografias

A cidade zerou, com o auxílio do Programa Mulheres do Peito e a Carreta da Mamografia, a fila de pacientes que aguardavam pelo exame. “Foram mais de 3 mil exames. Algumas munícipes aguardam há dois anos e meio”, relatou o prefeito. Com a fila zerada, novos exames estão sendo realizados na Santa Casa de Mauá, após renovação de convênio.

A administração trabalha também no processo final para instalação no Centro de Diagnóstico e Combate ao Câncer de Mama e Colo de Útero, que deve começar a funcionar em outubro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*