Esportes, Outros Esportes

Massa adia adeus à Fórmula 1 e acerta retorno à Williams por uma temporada

Depois de anunciar em setembro que se aposentaria da F-1, Felipe Massa, 35, voltou atrás e será corredor da Williams em 2017.

O anúncio foi feito ontem (16) pela equipe, que também confirmou a ida do finlandês Valtteri Bottas para a Mercedes, para o lugar do atual campeão Nico Rosberg, que surpreendentemente se aposentou após o título.

Foi justamente a saída de Rosberg que deu ao brasileiro a chance de voltar. “A inesperada retirada do Nico provocou uma reviravolta única de eventos. Foi oferecida uma oportunidade fantástica ao Bottas e, como resultado, uma oportunidade surgiu para mim”, afirmou Mas­sa ao site da Williams.

A opinião dos torcedores também pesou a favor em sua decisão de voltar. “Quando a mídia começou a noticiar um provável retorno meu, li que muitos fãs queriam que eu voltasse. Isso certamente pesou muito na minha decisão. No final do dia, quando recebi o convite, eu não pude recusar. Era a Williams”, completou.

Massa ainda afirmou que, se não fosse para a escuderia inglesa, ele não retornaria à categoria. O novo contrato vale para a temporada de 2017.

“Tenho paixão por correr, por competir e lutar na pista. Minha volta não é simplesmente por ver a F-1 como melhor opção, mas sim por ver a Williams como a melhor opção”, disse o brasileiro.
O companheiro de equipe de Massa será o novato canadense Lance Stroll, 18.

Os testes de pré-temporada começam no dia 27 de fevereiro, em Montmeló, na Catalunha. A primeira corrida do ano será em março, na Austrália.

Com o retorno, Felipe Massa correrá sua 15ª temporada na categoria como piloto titular de uma equipe.

Massa deve ser o único brasileiro na F-1. Felipe Nasr correu pela Sauber nas últimas duas temporadas, mas não teve seu vínculo renovado com a escuderia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*