Brasileirão, Esportes

Marinho quer substituir Rodrygo à altura no Santos

Marinho quer substituir Rodrygo à altura no Santos
Marinho é o nono reforço do Santos para a temporada. Foto: Ivan Storti/Santos FC

A diretoria do Santos apresentou ontem (28), no CT Rei Pelé, o atacante Marinho, envolvido em troca com o zagueiro David Braz, que será repassado ao Grêmio após o fim de seu empréstimo ao Sivasspor, da Turquia. Além de ceder o defensor em definitivo, o alvinegro vai pagar R$ 4,5 milhões.

Aos 28 anos, Marinho as­sinou contrato até o final de 2022, vai vestir a camisa 31 e é apontado como o substituto de Rodrygo, que vai se apresentar no Real Madrid em junho. “A res­ponsabilidade muito grande. É um grande jogador que está indo para um gigante da Europa. É uma pena tê-lo por pouco tempo, mas vamos fazer o possível para substituí-lo à altura. (O técnico Jorge) Sampaoli também conversou comigo, me deu boas vindas e disse que quer contar comigo”, afirmou.

Perguntado sobre se espe­ra acabar com o jejum de três jogos sem gols da equipe santista, Marinho, como sempre, foi bem-humorado. “Se eu conseguisse dar certeza de fazer gol todo jogo, seria ótimo. Eu jogaria na Mega Sena também, mas temos um grupo bom, muito qualificado. Os gols sairão na hora certa e espero fazer muitos gols aqui”, disse o atacante, que está disposto atuar em qualquer posição. “Para estar entre os 11, jogo até de zagueiro”, brincou.

A diretoria do Santos corre para regularizar a situação de Marinho a fim de que o jogador tenha condições de atuar neste domingo diante do Ceará, às 16h, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante esteve neste domingo na Vila Belmiro, onde assistiu ao empate sem gols contra o Internacional. “Foi muito bom. Conhecia alguns atletas e vinha conversando com eles há algumas semanas. Assisti ao jogo e é ruim ficar de fora, mas vendo o clima do estádio fiquei ansioso para jogar”, comentou.

Sobre o meme de “Sabia não”, entrevista divertida concedida quando era jogador do Ceará, Marinho afirmou que foi bom para sua carreira. “Deu dinheiro para mim. É bem legal, mas também sou um cara sério. As pessoas até estra­nham porque não sabem que também sou sério”, garantiu.

Marinho é o nono reforço do Santos em 2019. O goleiro Everson, o zagueiro Felipe Aguilar, os laterais-esquerdos Jorge e Felipe Jonatan, os volantes Jean Lucas e Jobson, o meia Cueva e o atacante Soteldo foram os outros contra­tados para formar o elenco de Jorge Sampaoli.

O Santos é o quinto colocado no Brasileirão com 11 pontos, mesma pontuação de Corinthians e São Paulo, mas o time perde no saldo de gols. Na Copa do Brasil, a equipe santista faz o jogo de volta das oitavas de final contra o Atlético-MG, no dia 6 de ju­nho, em São Paulo. O primeiro duelo, em Belo Horizonte, termi­nou empatado sem gols.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*