Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Marinho e Morando iniciam transição com foco nas finanças

Marinho e Morando realizaram ontem reunião institucional de transição de governo. Foto: Eberly Laurindo

O prefeito eleito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), e o atual chefe do Executivo, Luiz Marinho (PT), realizaram ontem (8) reunião institucional de transição de governo, a primeira após o resultado do segundo turno da eleição municipal. No encontro, que durou cerca de 30 minutos, o tucano frisou sua preocupação com a situação financeira do Paço, em meio à crise de arrecadação, e reiterou promessa de campanha que prevê austeridade orçamentária.

“A queda da arrecadação é preocupante. A cidade tem como principal fonte o repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto Sobre Serviços (ISS). Com a desaceleração da atividade industrial e a fuga de empresas da cidade, há queda nos recursos. Por isso, o principal norte da transição são as questões orçamentárias. Sem isso, não conseguimos avançar em absolutamente nada”, disse o tucano, que reafirmou plano de reincidir contrato de aluguel de carros oficiais e cortar cargos comissionados e secretarias.

Marinho, por sua vez, sustentou que sucessor herdará as finanças em situação “invejável”, na comparação com outras cidades, com pagamentos a fornecedores e folha de pagamento em dia. “Deixamos a cidade organizada em relação às finanças. Está tudo absolutamente em dia. Há queda brutal de arrecadação e as cidades sofrem as consequências disso, em especial de ICMS. A cidade sofreu com isso em 2015 e 2016, mas sofrerá menos em 2017. Criamos as condições para deixar as finanças organizadas independentemente de quem fosse sentar aqui em janeiro”, sustentou.

Comissões

Na oportunidade, Marinho e Morando indicaram os membros que vão compor as comissões responsáveis pelo processo de troca das gestões. A equipe do atual prefeito será coordenada pelo secretário de Administração e Modernização Administrativa, José Augusto Pereira, e composto pela chefe adjunta de gabinete, Tereza Santos, e pelo secretário adjunto de Orçamento e Planejamento Participativo, Sérgio Vital.

Do lado de Morando compõem o grupo o médico Geraldo Reple Sobrinho, o arquiteto Paulo Sérgio Guidete, o administrador de empresas José Nivaldo Cardoso do Amaral, o administrador público Pedro Antônio Aguiar Pinheiro, o contabilista José Luiz Gavinelli e o advogado Carlos Roberto Maciel, que será o coordenador da comissão.

O decreto que formaliza as equipes de transição será publicado na próxima sexta-feira (11) na Imprensa Oficial do município. A primeira reunião das equipes está agendada para as 14h30 do próximo dia 17.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*