Política-ABC, São Caetano do Sul, Sua região

Mais de 6 mil pessoas já contribuíram com Plano de Governo de Fabio Palacio

Palacio: "é ouvindo as pessoas que entendemos as áreas mais delicadas e que precisam de mais atenção". Foto: Divulgação
Palacio: “é ouvindo as pessoas que entendemos as áreas mais delicadas e que precisam de mais atenção”. Foto: Divulgação

O pré-candidato a prefeito de São Caetano pelo PSD, Fabio Palacio, está ouvindo a população para construção de seu Plano de Governo, o qual já conta com a participação de mais de 6 mil pessoas, que enviaram sugestões por meio da plataforma digital www.ouvindosaocaetano.com.br, pelas redes sociais, pelo whatsapp 95085-0055 e por meio de reuniões on-line.

“É muito importante a participação das pessoas no nosso projeto para uma cidade me­lhor. Sabemos do que o município precisa, mas é ouvindo as pessoas que entendemos as áreas mais delicadas e que precisam de mais atenção”, destacou Palacio.

A construção do Plano de Governo de Palacio teve início em outubro de 2019 com a criação de grupos de trabalho formado por técnicos especia­listas em cada área da cidade. Segundo Palacio, esses técnicos trouxeram outros especialistas e a população também foi convidada a participar por meio do Programa Ouvindo São Caetano, bem como os pré-candidatos a vereador também tiveram importante participação na cons­trução do plano.

“Estamos projetando a cidade para o futuro, mas com o foco em cuidar das pessoas. Temos ainda um grande desafio pela frente, que é essa pandemia que estamos vivendo. Vamos preparar São Caetano para o futuro e pós-pandemia. Precisamos ter políticas públicas para recuperação da economia e, principalmente, preparar a cidade para os próximos anos, cuidando das pessoas acima de tudo. Chega de corrupção em nossa cidade. Queremos que São Caetano volte a ser referência e destaque de bons exemplos, mas principalmente uma cidade justa para todos ”, pontuou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*