Editorias, Notícias, Política

Maia: ‘polêmica com Temer está superada’

Após dois dias de tensão na relação com o Palácio do Planalto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça (17) que a polêmica está superada e que até ajudou a garantir o andamento da denúncia na Casa, favorecendo o presidente Michel Temer.

Maia afirmou que “nada afeta” sua relação com Temer e que apenas reagiu à declaração da defesa do peemedebista, que havia chamado de “criminoso vazamento” a divulgação de vídeos da delação do operador financeiro Lúcio Funaro, cujo conteúdo foi publicado pela Folha de S.Paulo.

O material havia sido disponibilizado no site da Câmara dos Deputados. Na delação, utilizada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) para embasar a segunda denúncia contra Temer, Funaro implica o presidente e vários integrantes do PMDB, como os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil).

Maia defendeu a publicação alegando que o conteúdo não estava sob sigilo e chamou o advogado de Temer, Eduardo Carnelós, de “incompetente” e “irresponsável”. “Reagi na altura que achei que era relevante para que ele (o advogado) entenda que há uma relação de respeito, de aliança com o presidente Michel Temer, mas, de nenhuma forma, podemos aceitar que uma frase infeliz e dura do advogado não tenha uma reação para defender a instituição e seus servidores”, disse o presidente da Câmara.

Maia também minimizou declaração que deu à Folha de S.Paulo no domingo (15), quando afirmou: “Depois de tudo que eu fiz, esta agressão não faz sentido. Daqui para frente vou, exclusivamente, cumprir meu papel institucional.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*