Editorias, Notícias, Política

Maia discute eleição com Doria e diz que único nome consolidado é do ex-presidente

Ao lado do prefeito João Doria (PSDB), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse nesta terça-feira (6) que o cenário para a eleição presidencial ainda está muito aberto e que a única candidatura consolidada até agora é a do ex-presidente Lula (PT). “Tirando o (ex)-presidente Lula, não há nenhuma candidatura hoje consolidada”, disse Maia após reunião com o tucano na Prefeitura de São Paulo. Para o parlamentar, o petista é o único com patamar de intenção de votos que agrega forças.

O PSDB, que tem como pré-candidato ao Planalto o governador paulista, Geraldo Alckmin, será um parceiro do DEM nas discussões eleitorais, segundo o presidente da Câmara. Maia confirmou, entretanto, que o DEM tem intenção de construir uma candidatura própria para a Presidência, aproveitando a avenida aberta na política nacional.

As lideranças municipais e estaduais, de acordo com o deputado, terão liberdade para estabelecer alianças independentemente das parcerias que o partido fechar no plano nacional. “Entendemos que o processo político nacional é separado do regional”, disse.
Eventual apoio ao PSDB na disputa pelo governo paulista, por exemplo, também seria decidido pelo diretório estadual, segundo o presidente da Câmara. “O DEM é um grande aliado, no governo estadual e na Prefeitura de São Paulo”, disse Doria.
“Equalizamos as nossas posições, reafirmando o bom sentimento que nos une no plano da capital, no plano estadual e certamente em breve no plano federal”, afirmou o tucano.

Cotado para disputar o Planalto por seu partido, Rodrigo Maia foi evasivo sobre a hipótese e falou que a legenda tomará uma decisão sobre seu candidato a partir de março.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*