Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Lula: “não dá para aceitar a ideia de que Bolsonaro é resultado de um processo amplamente democrático”

Lula afirma que não dá para aceitar a ideia de que o Bolsonaro é resultado de um processo amplamente democrático
Lula: “O que interessa para a elite brasileira é a política de desmonte do Guedes”. Foto: Reprodução/Facebook

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira (1º), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não dá para aceitar a ideia de que o presidente Jair  Bolsonaro (sem partido) é resultado de um processo amplamente democrático.

“(Bolsonaro) é resultado de um processo que se deu desde a cassação de uma presidenta (Dilma Reousseff) sem crime. Agora perceberam que o troglodita que eles elegeram não deu certo e querem tirá-lo por que?”, questionou.

Lula afirmou que o PT sabe porque quer tirar o presidente do comando do Brasil. “A gente quer tirar o Bolsonaro para defender a vida. Porque ele não gosta de mulher, não gosta de preto, não gosta de índio, não gosta do povo trabalhador.”

Segundo Lula,  o Brasil vive  hoje com o dinheiro deixado pelo PT enquanto estava no governo: “Estou dizendo pra gente não pegar o primeiro ônibus que está passando. Estão querendo reeducar o Bolsonaro, mas não querem reeducar o Guedes. Tem pouca coisa de interesse da classe trabalhadora nesses manifestos. O editorial do Globo é uma proposta de acordo para manter o Bolsonaro. O que interessa para a elite brasileira é a política de desmonte do Guedes”, destacou.

Lula afirmou que o PT tem de colocar na rua uma proposta de defesa da vida do povo brasileiro. “Temos 40 milhões de pessoas aposentadas que podem ficar em casa e cerca de 80 milhões de pessoas que precisam de recursos para sobreviver. É preciso de dinheiro para preservar a vida dessas pessoas”, destacou.

Segundo o petista, é necessário apoiar qualquer manifesto que seja para salvar o Brasil. “Queremos tirar o Bolsonaro para que o Brasil volte a ser respeitado. Que o brasileiro volte a sorrir e que volte a tomar café e almoçar. Tenho medo porque quando se fala em trabalhador é muito genericamente”, pontuou.

Lula destacou que existe uma tentativa de isolar o Partido dos Trabalhadores para que desapareça do cenário político. “Vi no final de semana debate com vários deputados, mas nenhum do PT. O PT não é uma coisa qualquer que pode ser menosprezado. Vou dizer uma coisa, o PT não desaparece porque é maior que tudo isso. Ele nasceu diferente de outros partidos políticos. O PT nasceu porque um dia a classe trabalhadora decidiu um dia que queria ter um partido político e ninguém acreditava, mas ele nasceu”, afirmou.

 

2 Comentários

  1. Escutar o Lula falar do Bolsonaro é igual a bandido reclamar da policia, ele ta louco pra alguém achar mais algum podre dele, em vez de ficar quietinho já está rico com o dinheiro desviado, fica ai querendo se aparecer, daqui a pouco alguém enxerga novamente e começa as choradeira, ta saindo barato Lula estão passando pano pra vc

  2. Aceita q doi menos Luladrao e quadrilha esquerdista safada, ele foi eleito democraticamente….e vá logo se lascar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*