Esportes, Futebol

Lucas testa protagonismo no PSG contra o Barcelona

Pela terceira vez em menos de cinco anos PSG e Barcelona se enfrentam no mata-mata da Liga dos Campeões da Europa. Hoje (14), às 17h45 (horário de Brasília), franceses e espanhóis fazem o primeiro jogo das oitavas de final do torneio, em Paris.

Se o Barcelona aposta no trio MSN (Messi, Suárez e Neymar) para sair vitorioso, o PSG vê no brasileiro Lucas Moura, 24, a esperança de eliminar pela primeira vez o time catalão do torneio.

O ex-jogador do São Paulo vive seu melhor momento no futebol europeu. Com 14 gols na temporada 2016-17,  é o brasileiro que mais balançou a rede no continente ao lado de Giuliano, do Zenit-RUS. Neymar vem logo atrás, com dez gols marcados.

O jogador do Barcelona vive a antítese de seu compatriota. Sua fase goleadora deu lugar à de garçom. Em 2016, Neymar marcou 25 em 53 jogos pelo clube e pela seleção brasileira e registrou sua pior marca desde 2009.

O momento melhor de Lucas tem muito a ver com a saída do sueco Ibrahimovic, que se transferiu para o Manchester United, da Inglaterra, e com a chegada do técnico espanhol Unai Emery, que substituiu Laurent Blanc.

Com as mudanças, Lucas deixou de ser coadjuvante no time. Virou um dos protagonistas ao lado de Cavani e do argentino Ángel Dí Maria.

O crescimento em relação aos anos anteriores impressiona. Com ainda três meses de temporada pela frente, o jogador já ultrapassou todas as suas marcas na França. Entre 2015 e 2016, por exemplo, precisou de 56 jogos para fazer 13 gols. Nesta temporada, foram necessários apenas 35 jogos para chegar aos 14 gols.

“Atacante, a gente sabe que vive de gols, e sempre falei que não sou um artilheiro. Quando cheguei aqui (no PSG) recebi muitas críticas. Então, procurei melhorar essa parte para poder ganhar um respeito e até para ser um jogador mais completo”, afirmou o brasileiro.

Hoje, Lucas terá incentivo a mais durante o confronto. O treinador Tite e o coordenador técnico da seleção brasileira, Edu Gaspar, estarão no estádio Parc des Princes para acompanhar os brasileiros em campo.

Além do atacante, o lateral Maxwell e o zagueiro Marquinhos pelo lado do PSG e o atacante Neymar e o volante Rafinha pelo time catalão serão observados pela comissão. Thiago Silva sentiu dores e não vai para a partida.

A última convocação de Lucas para o time principal do Brasil ocorreu em maio de 2016.

Lisboa

Também hoje, Benfica e Borussia Dortmund se enfrentam pelas oitavas de final, às 17h45, em Portugal.

O time português conta com o retorno de Jonas à competição. O brasileiro foi desfalque na primeira fase devido a uma lesão. Ele e o goleiro Ederson serão observados por Taffarel, treinador de goleiros da seleção.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*